Duas Vezes Amor

Edição: 1
Editora: Rocco
ISBN: 9788579801983
Ano: 2014
Páginas: 384

proibido

 Introdução

Em Duas Vezes Amor, Reena, teve uma grande paixão, mas infelizmente, ele a abandonou no pior momento: quando ela soube que estava grávida. Após alguns anos, conhecemos Reena tentando levar uma vida normal e cuidando da sua bebê. Porém, Sawyer está de volta. Será que Reena conseguirá perdoar o sumiço de Sawyer? É possível amar alguém duas vezes? Essa é parte da trama escrita por Katie Cotugno.

Sobre Katie Cotugno

Foto -Katie Cotugno

Foi para o colégio católico por treze anos, o que fez dela uma adulta extremamente superticiosa e com uma queda por garotos que usam blazers. Ela roteineiramente se encontra falando de aventuras românticas de séries de TV como se elas existem realmente. Katie foi nominada para o Pushcart Prize e apareceu no The Iowa Review e no The Broadkill Review além de outros jornais com seu primeiro romance que sai no Brasil pela Rocco. Ela adora fotos em pose de criança, adora sua irmã mais nova, sanduíches de mussarela e mel. Ela vive em Boston com seu marido, Tom.

Narrativa

A narrativa de Duas Vezes Amor é dividida entre o antes e o depois. Antes do sumiço de Sawyer, temos as expectativas de Reena, o envolvimento com ele até o seu sumiço sem um adeus. O depois mostra a volta de Sawyer e como os sentimentos de ambos mudaram ao longo do tempo. Vemos que Reena não parou no tempo, ela seguiu com a vida e se virou muito bem durante esses anos. Sawyer por outro lado, o leitor vive uma lacuna, ninguém sabe o motivo de seu sumiço, por onde esteve e o motivo de ter voltado. A trama é bastante plausível e pé no chão, não tenho muito o que argumentar quanto a isso. Confesso que esse vai e volta, tornou a dinâmica do livro um pouco cansativa, mas ela faz sentido em ser feita da maneira como foi. Confuso? Mas é exatamente um dos pontos em que a trama deixa falhas. Na trama de Katie, 2 anos se passam, mas parecem uns 10. Como personagens mudam em tão pouco tempo? Se é possível? Talvez seja, mas nesse sentido, senti um pouco de falta de argumentos e motivações. O teor do livro me agradou bastante, pois Reena é uma pessoa adorável, aos poucos vemos o quanto ela mudou e o quanto ela é forte em seguir com a vida. Não é fácil ser mãe aos 16, mas ela faz tudo com tanta garra que esse fato não parece um “fardo” como todos julgam ser. Ela é uma pessoa extremamente amorosa e carismática. Sawyer não me passou emoção alguma de fato. Ele fica como um ponto de interrogação durante quase o livro todo, mas a credibilidade que Reena recebe do leitor, sempre buscamos algo mágico no garoto. O que sinceramente, não senti.

Diagramação

A Rocco, como sempre fez um excelente trabalho. Não encontrei erros graves durante a leitura. A capa do livro, eu confesso que não foi muito de meu agrado, embora simples, acredito que a história exigia uma capa mais chamativa, não no quesito cor, mas imagético.

Considerações Finais

Concluindo, em Duas Vezes Amor, você encontrará temáticas bem desenvolvidas nos sentimentos de amor, perdão, família, futuro, vontades e muito mais. Um drama romântico de encher os olhos de lágrimas. A maturidade está muito presente em Reena e é claro, em oposição a Sawyer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*