Claros Sinais de Loucura

Edição: 1
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580575071
Ano: 2014
Páginas: 256
Tradutor: Edmundo Barreiros

proibido

Introdução

Em Claros Sinais de Loucura, Sarah é a protagonista da trama e é sobre o ponto de vista dela ocorre a trama. Ela é uma garota de 11 anos, prestes a fazer 12, mas que já carrega muitos problemas. Motivo? A mãe dela tentou afogar ela e Simon, infelizmente Simon se foi, mas não para por aí. Com sua mãe internada em uma clínica psiquiátrica desde então, o seu pai a ignora grande parte do tempo e caiu no vício do alcoolismo. Com medo de se tornar parecida com sua mãe e enlouquecer, Sarah passa a vida procurando sinais de loucura e tenta evitá-los. Sarah tem 2 diários: um que escreve coisas aleatórias e um verdadeiro, o que carrega os seus verdadeiros sentimentos e impressões sobre a vida que leva.

Sobre Karen Harrington

Foto -Karen Harrington

Karen escreve desde criança, e os livros sempre tiveram um espaço especial em sua vida. Seu primeiro livro foi um sucesso de público e crítica, se tornando um best-seller. Ela vive em Dallas com sua família e um cachorro muito sério e literário.  Site


 Narrativa

A narrativa de Karen é viciante, em poucas páginas, o interesse por Sarah ganha força e proporciona ao leitor uma grande surpresa. Sarah é uma personagem totalmente peculiar. Embora em uma idade na qual encontra-se superficialidade e gostos comuns. Não encontrará isso em Sarah, pelo contrário. Enquanto os seus colegas de classe gostam de Harry Potter e Crepúsculo, Sarah é apaixonada pelo livro O Sol é para Todos da autora Harper Lee. O livro é uma mescla dos diários de Sarah e cartas destinadas a Atticus, seu personagem favorito na trama de Harper. Aos poucos somos inseridos na vida de Sarah e torcemos para que ela viva uma vida feliz e um ótimo verão. Ela tem paixão por palavras problema, é uma colecionadora delas, aos poucos vamos conhecendo o significado de cada uma e todas são incutidas no cotidiano da garota. A maturidade de Sarah é invejável, é claro que com todos os problemas que ela teve de lidar com tão tenra idade a modificaram ao longo do tempo. Sarah não é popular, sua melhor amiga é uma planta chamada Planta, é uma eterna ouvinte das problemáticas menina peculiar. Algo diferente dos outros verões e após pedir com muito afinco a seu pai, Sarah fica aos cuidados de Charlotte e Finn, os vizinhos universitários. Ela se empenha e tornar aquele verão diferente dos demais. E conseguirá de certa forma, só não digo como e em que ponto (para não perder a graça da leitura).

Diagramação

Além do título e da sinopse, gosto muito da “doçura” da capa do livro. Ela me chamou muita atenção quando a vi entre os lançamentos da Intrínseca. Faz muito sentido ao longo da trama, embora trate de situações delicadas e pesadas, o livro carrega esse teor de doçura como característica da personagem. Embora ela pareça diferente, ela ainda é uma garota.

Considerações Finais

Claro Sinais de Loucura é um livro dinâmico, curto e encantador. Os personagens são adoráveis e imperfeitos. E que iniciam uma carreira que tem tudo para dar certo a Karen. Uma boa história de ser lida e relida. O livro carrega uma mensagem importante sobre auto descobrimento. Em alguns pontos, se encontrará em Sarah e a leitura ganha um patamar jamais visto em um livro do gênero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*