Superar é Viver

Edição: 1
Editora: LeYa
ISBN: 9788544100509
Ano: 2014
Páginas: 288

“Uma grande lição que sempre passo, nem sempre intencionalmente, é de colocar seus problemas em perspectiva. Enquanto realizo tarefas simples da minha rotina, como ir à faculdade ou fazer compras no supermercado, pessoas vêm falar comigo. Dizem que ao ver como eu lido com minhas limitações, elas passam a enxergar seus problemas de outra forma. Ouço isso diversas vezes por semana. De modo algum quero passar uma ideia de ‘seus problemas são menores, difícil é minha vida’. Acredito que cada um sabe o tamanho dos seus problemas e as dificuldades pessoais para enfrentá-los. A mensagem que gosto de passar é a de que se pode fazer mais com mais. Se eu posso fazer tanto com tão pouco, você também pode fazer mais com o que tem. É uma questão de entender seus limites. O que é diferente de aceitá-los com resignação, ou desistir de tentar por achar que não vai dar conta. Quando você não tenta, o impossível vai continuar sendo inatingível.”

Quem vê este aquariano batalhador e decidido não imagina o quanto sua vida mudou nos últimos quatro anos. Em 11 de setembro de 2009, Pedro foi internado com menos de 1% de chance de sobrevivência e o diagnóstico de uma doença fatal que se espalhou rápido por sua corrente sanguínea. Seis meses e dois comas mais tarde, ele sai vivo dessa experiência, mas com os quatro membros amputados acima dos cotovelos e dos joelhos. Pedro estava destinado à cadeira de rodas. Mas ele desafiou o destino e venceu! Em Superar é viver, Pedro conta como num curto espaço de tempo, e ainda tão jovem, teve percepção e maturidade para enfrentar um problema de saúde tão grave sem desanimar. Em 6 de dezembro de 2010, ele doou sua cadeira de rodas e nunca mais sentou em uma. Era o início de sua independência e realização.

proibido

Introdução

Prestes a lançar oficialmente o seu livro hoje na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi em SP (confira aqui mais informações do evento), tive o prazer de conhecê-lo juntamente com outros colegas e amigos blogueiros ontem. Tivemos a oportunidade de conhecer o Pedro e um pouco da sua história além do conteúdo do livro em si. Quando estava voltando pra casa, comecei a ler o livro. Fui imersa por suas palavras e seus relatos, mesmo que simplórios e de forma bastante informal, fui criando curiosidade e admiração por alguém que até então, não conhecia.

Em Superar é Viver, Pedro narra sua história, sua vida. Desde como sua vida mudou do dia para a noite (ele contraiu uma forma fatal de meningite – meniongococcemia – que se espalhou através de sua corrente sanguínea) e os problemas e as dificuldades que enfrentou durante o percurso de adaptação ao novo Pedro.

O livro tem um diferencial, pois não é como os livros que se encaixam nesse gênero. Pelo contrário, ele não se apega algo imaterial ou busca uma explicação pelo o que ocorreu na vida naquele momento. Pelo contrário, ele tem um sonho e segue adiante sabendo que o caminho tem obstáculos que ele faz questão de vencê-los.

Sobre Pedro Pimenta

Pedro é natural de Barueri, cursa Economia na Flórida. Atua como palestrante motivacional na TED (Technology, Entertainment, Design – Ideas worth spreading). Ele também é produtor musical e mentor de pessoas amputadas, especialmente que passam por isso na infância. [Site oficial do PedroFacebookInstagramTwitter]

Narrativa

A narrativa é dividida em capítulos de modo cronológico. Temos o dia em que a vida dele corria sério risco (1% de chance de sair com vida) até as adaptações e a sua ida aos EUA para adaptações e tratamentos. De sua carreira profissional as suas palestras motivacionais. Além do que ele também nomeia e comenta a importância de família, amigos, médicos e Allison. Ele nunca esteve sozinho nessa batalha. Embora seja praticamente diária a cada novo desafio, ele se esforça e com garra e matando mais de um leão por dia, consegue atingir seus objetivos e a independência.

Diagramação

O trabalho da Leya foi bem cuidadoso. O livro conta com fotos de vários momentos citados no livro além de ter quotes marcantes a cada capítulo.

 

Considerações Finais

Superar é viver é um livro autobiográfico e incentivador. É um livro que tem o potencial de te arrancar sorrisos. Ao testar seus limites/capacidades ele comprova e se sente vivo e cada vez mais independente. Se é dado uma segunda chance, porque não aproveitá-la de um jeito mais intenso? Ao invés de pensar no que errou. Ele segue em frente sabendo que aquele erro ou limitação pode ser superado.

Se eu fosse resumir a leitura do livro em uma palavra seria: admiração. Motivo? Enfrentar uma grande mudança do modo como enfrentou e ainda conseguir trabalhá-la para algo muito maior é algo que é digno de se admirar em um mundo permeado de notícias ruins.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*