Edição: 1
Editora: LeYa
ISBN: 9788544100752
Ano: 2014
Páginas: 192

Filipe é um conceituado escritor de visita a Nova Iorque, onde conclui o seu novo romance no dia em que completa 50 anos. Patrícia, a sua mulher, médica, vive a angústia de um casamento em crise. Há muitos anos, Isabel jurou que se encontraria com Filipe em Nova Iorque, neste mesmo dia, no terraço do Empire State Building, caso a vida os separasse. Jonas, cantor famoso, está na cidade para um concerto. Catarina, jornalista, vive com Ricardo, mas já não o ama e, em contrapartida, deixa a sua vida em suspenso para ir atrás de Jonas. Luísa, uma jovem estudante de uma beleza invulgar, é a mulher que Jonas quis, embora não a amasse. E Catarina é a mulher que ele ama, apesar de ser demasiado egísta para se comprometer. De alguma maneira, todas estas vidas se cruzam em determinado momento e, de alguma forma, influenciam-se umas às outras. Nova Iorque, a cidade de todos os encantos, é o local onde o passado e o futuro destas pessoas se encontram, onde as suas vidas se decidem e para onde, estejam ou não presentes, os seus destinos convergem. Uma Noite em Nova Iorque é uma complexa história de encontros e desencontros, promessas e desilusões; mas também uma história de descoberta e de esperança, que reflecte o dilema dos protagonistas divididos entre duas forças poderosas: a obrigação de perpetuar uma união que já não lhes traz alegria e a urgência de correr atrás de uma enorme paixão que mais não é do que uma carta fechada.

proibido

Introdução

É o primeiro livro do autor que leio e fui com altas expectativas, pois já haviam me indicado leitura dos livros dele. Não me surpreendi, porém, não me decepcionei. Sou fã de romances psicológicos.

Em Uma Noite em Nova Iorque, somos apresentados a Filipe, um escritor e que está de passagem pela cidade que não dorme. Ele finaliza seu livro quando está prestes a completar 50 anos. Sua mulher, Patrícia, é uma médica que vive mal com o casamento em crise. Filipe havia feito uma promessa a Isabel, aonde o encontraria no Empire State nessa mesma data. Catarina, vive com Ricardo, mas não o ama e vai atrás de Jonas. Luísa, mulher de Jonas, é uma jovem bonita, o biotípo de Jonas, porém, ele ama Catarina.

Considero o livro um Eu Te Amo NY, só que às avessas. São feitos de encontros e desencontros que dão certo e errado em alguma parte.

Sobre Tiago Rebelo

Tiago Rebelo é um dos romancistas mais famosos da língua portuguesa. Com títulos disponíveis em diversos países, desde o Brasil a Angola e Moçambique, foi igualmente editado em Itália e na Argentina. Depois dos enormes sucessos aplaudidos pelo público e pela crítica, O Tempo dos Amores Perfeitos e O Último Ano em Luanda, o seu útlimo romance, O Homem Que Sonhava Ser Hitler. Tiago Rebelo tem já uma longa carreira de jornalista, sendo atualmente editor executivo na TVI.

Narrativa

É de uma complexidade ímpar, aos poucos somos envolvidos e confundidos constantemente. A narrativa ganha um tom confuso no início, mas que vai se esclarecendo aos poucos. Aos mais impacientes isso pode causar um conflito. Nada flui rapidamente, há todo um processo dramático usado pelo escritor.

Diagramação

Gostei do trabalho feito pela editora. Embora eu não seja fã da capa. A diagramação interna ficou ótima. Super tranquila de ler. O livro tem muito conteúdo para a pequena quantidade de páginas. Mas mesmo assim, o trabalho ficou bem feito. Acredito que a capa seria mais satisfatória se mostrasse apenas a cidade. Pois não temos um protagonista só.

Considerações Finais

Talvez se o livro fosse um pouco mais desenvolvido na parte de organização do texto em si, teria sido muito mais interessante. É quase inevitável se encantar por uma história. A que mais me marcou foi a de Filipe e Isabel. É bastante dramática.