Confesso Que Menti

ISBN: 9788501089168
Ano: 2014
Editora: Galera Record

Micah Wilkins é uma mentirosa compulsiva. Para ela, mentir é tão natural quanto respirar. Por isso é preciso prestar muita atenção a seu relato e desconfiar de tudo o que ela disser. Por que ela mente? É um segredo que envolve o outro. Tudo começou quando ela nasceu com a doença da família. E desde então Micah criou um labirinto de mentiras para manter todos afastados da única e terrível verdade. Mas quando seu namorado Zach é encontrado morto em circunstâncias violentas e misteriosas, o comportamento nada confiável da menina a transforma na principal suspeita do crime. Agora, para desvendar essa trama e provar sua inocência, Micah Wilkins promete contar apenas a verdade e nada mais que a verdade.

proibido

Introdução

Em Confesso que Menti, Micah Wilkins, é uma garota que tem uma compulsão por mentiras. Sim, ela inventa histórias mirabolantes com o intuito de afastar as pessoas e distorcer a realidade. Tudo muda quando Zach, seu namorado, é encontrado morto no Central Park. Micah é a principal suspeita do crime. Com seu histórico de mentiras, será que conseguirá dizer a verdade e provar sua inocência?

A premissa do livro é instigante, não? Foi um dos motivos de escolha do livro.

Sobre Justine Larbalestier

Justine Larbalestier nasceu e foi criada e Sidney, na Austrália. Como seus pais são antropólogos, sua infância foi pontuada por viagens a partes remotas da Austrália, como pequenos povoados aborígenes no norte do país.

Site oficialTwitter

Capas pelo mundo

6380296 7073569 10384866  12045450 9720538 11022243 9927350

Narrativa

A narrativa não possui capítulos, é conduzida por eventos relatados pela própria protagonista (Micah). O que torna o livro tão especial? Micah é uma mentirosa, ela contando os fatos e situações, você pode duvidar ou não. É o que torna tudo misterioso e intrigante.  Micah não é uma personagem fácil de se compreender. Não entendemos de fato a raiz dos seus problemas (que não são poucos). Temos a visão dela dos fatos, podendo ser verdade ou não, são bem detalhados. A trama deixa em aberto e cabe ao leitor julgar ou não. Mas acredito que a trama ganha muito mais sendo assim, do que tentando explicar os motivos pelo qual ela toma tais atitudes.

Diagramação

A capa é um capítulo a parte na análise. Motivo? Micah é negra e em muitas das capas (até algumas internacionais) são bem diferentes da personagem. Entreter o leitor é algo difícil e a atenção dele é sempre desejada. Uma personagem negra na capa parece algo que não chamaria atenção. Mas acredito que por não ser comum, é um fato que me faria levar o livro.

Considerações Finais

Justine tem um jeito único de escrever e em poucas páginas dizer coisas inimagináveis. Confesso que menti é um jogo de mentiras e verdades. O leitor fica preso a uma história interessante e com uma premissa que a sustenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*