Segundo Eu Me Chamo Antônio

ISBN: 9788580576290
Ano: 2014 / Páginas: 192
Editora: Intrínseca

Alter ego do autor Pedro Gabriel, Antônio é personagem de um romance que ainda vai ser escrito. Enquanto não ganha as páginas, ele expressa, entre um chope e outro, seus sentimentos em ilustrações feitas em guardanapos de papel.

Em Segundo Eu me chamo Antônio, além de frases irreverentes e poéticas, o personagem abre para o mundo as páginas do caderno em que escreve fragmentos de textos alguns de seus pensamentos mais profundos e explora sua criatividade brincando com frases e esboços rabiscados nervosamente. A arte de Pedro Gabriel expande-se para além dos guardanapos em ilustrações inéditas que pontuam essa nova obra.

proibido

Introdução

Em Segundo Eu me Chamo Antônio, teremos mais frases e trocadilhos bem elaborados por Pedro Gabriel. Nesse volume, notei que o tema amor floresce com muito mais força. Além da narrativa ter uma “singela mudança”.

Sobre Pedro GabrielFoto -Pedro Antônio Gabriel Anhorn

 

Nascido na capital da República do Chade, país localizado na região centro-norte da África, Pedro Antônio Gabriel Anhorn é filho de uma professora de História brasileira e de um suíço que tinha a ajuda humanitária como ofício. Educado em francês, chegou ao Brasil aos 12 anos de idade — e até os 13 anos não formulava uma frase correta em português. A partir da dificuldade na adaptação ao idioma, que lhe exigiu muita observação tanto dos sons quanto da grafia das palavras, Pedro desenvolveu talento e sensibilidade raros para brincar com as letras.

Fanpage

Narrativa

Como dito, há uma mudança na narrativa. Há páginas em que textos maiores e mais profundos que conseguem captar sensações mais impactantes ao leitor. Confesso que gosto muito mais dessa forma e foi uma surpresa como leitora assídua das postagens do autor. O toque único novamente é posto a sensibilidade de quem o lê,  porém, acredito que é impossível não se identificar com uma ou outra passagem.

Diagramação

A diagramação desse livro supera o livro anterior. Muito mais bonita e mais clara. Aos leitores que tiverem dificuldade de entender os “garranchos” de Antônio há um sumário como no livro anterior.

Considerações Finais

Segundo Eu Me Chamo Antônio é outro livro fantástico pra se ler e reler, sempre que necessitar de doçura das palavras escolhidas a dedo. Ele só perdeu meio ponto pois senti falta de mais páginas.