Para dar continuidade a Semana Amor de verão, aqui vai uma entrevista super bacana que fiz com a autora Fernanda Belém essa semana:

Como sua paixão por leitura e escrita se desenvolveu? Qual livro mais te marcou na infância?
Fernanda Belém: Antes mesmo de aprender a ler, minha mãe plantou em mim a sementinha da leitura. Ela juntava a galerinha do meu prédio e fazia brincadeiras com a gente, com os livros. Brincava de contar histórias, parava no meio e fazia com que a gente completasse com o que viesse na nossa cabeça. Dessa maneira, meu amor pelos livros só crescia e a minha imaginação e criatividade também. Quando eu aprendi a ler, foi natural o envolvimento com novos livros. Lembro que quando estava com uns sete anos, encontrei na sala do meu avô toda a coleção do Monteiro Lobato. Eram livros bem antigos, com a capa dura e verde, páginas amareladas do tempo que existiam… Mas até hoje lembro exatamente do cheiro, das folhas, do que eu sentia quando sentava na poltrona da casa dele e começava a ler. Acho que naquele momento a minha paixão se transformou em algo eterno. Não tinha mais como não amar os livros. Foi tão marcante, que lembro do que sentia quando lia, da vontade que eu sentia de conhecer o Visconde, o sítio do Pica Pau Amarelo e de viver as aventuras da Narizinho. Ah, e como eu queria uma boneca de pano como a Emília! Desde aquela época, amava escrever também. Brincava de fazer jornalzinho do prédio, escrevia peças de teatro, fazia livrinhos de histórias para vender para os pais. Com oito anos, escrevi o meu primeiro conto para um concurso em um teatro e pude ver a minha história se transformar em fantoches. Foi incrível! As palavras, histórias, sempre tiveram presentes na minha vida, deixando meu mundo muito mais colorido.


Como foi o processo de publicação de Ah, O verão?
FB: Depois que lancei meu primeiro livro – Louca Por Você – quis escrever uma história mais levinha, um romance gostoso, algo que tivesse a cara do verão. Reli as minhas agendas do passado, lembrei da Fernanda que fui com 14, 15 anos e dessa maneira foi nascendo a história do Ah, o verão! – demorei seis meses escrevendo e depois revisando. Quando meu agente literário disse que a Editora Valentina tinha interesse, fiquei muito feliz. Depois que fui até a editora para assinar o contrato, sabia que não poderia estar em lugar melhor. Eles são tão apaixonados por livros quanto eu. Ficamos umas três horas conversando sobre nossos autores favoritos e falando sobre literatura. Todo o processo foi bem legal. Desde os toques do meu editor na história, a escolha da capa, o carinho e capricho deles com o meu livro… Tudo foi Perfeito! E até o momento, desde que foi publicado, ainda não recebi nenhuma crítica. É gostoso perceber como as pessoas se identificam com a história e sonham em viver um amor de verão.


A ideia do As quatro estações do amor surgiu como? Vem de um desejo antigo? 
FB: Quando escrevi Ah, o verão! não foi pensando em uma continuação. Mas depois que leu o meu livro, meu editor sugeriu e eu acabei curtindo muito a ideia, pois fiquei tão apaixonada pelos meus personagens, que achei que seria uma maneira de continuar com eles por mais algum tempo. E está sendo mesmo muito legal acompanhar o amadurecimento da Camila, perceber como ela está seguindo os sonhos dela… Acho que todo mundo vai curtir as continuações.


O que não pode faltar no seu verão?  
FB: Amigos. Na verdade, eles não podem faltar em nenhuma estação.


Qual estação do ano você gosta mais? (pergunta cruel, eu sei :P)
FB: Amo férias de verão! Trabalhar no verão já não é a coisa que mais amo no mundo! (risos!!) Mas a estação que me deixa mais inspirada, mais alegre, e´o outono – quase inverno -, quando o céu fica mais colorido, as cidades ficam mais charmosas…


Qual a previsão do próximo livro? O que os leitores podem esperar?
FB: Os leitores podem esperar muitas emoções. Meus leitores beta já estão dizendo que o outono da Mila está mais empolgante que o verão. Ela amadurece, vive uma experiência muito legal para a futura profissão dela e tem tempo para pensar mais nas coisas que ela deseja. A previsão de lançamento é para esse ano, mas como ainda não entreguei para a editora, não tem definição do mês de publicação.


Quem ainda não leu minhas resenhas dos livros, aqui vai o link de Ah, o verão! e Louca por você.

Espero que tenham gostado. Agradeço a Fernanda por conceder a entrevista, desejo o maior sucesso do mundo!