Sobre The Rumjacks

The Rumjacks foi formado quando músicos de várias bandas se reuniram em Sydney no final de 2008. Eles tem 5 EPs disponíveis pra venda no iTunes.

A música deles transmite uma energia que só celtic folk combinado ao punk rock pode proporcionar. Bandas como Against Me! e Flogging Molly, são bem parecidas com o ritmo do The Rumjacks.

Eu os conheci ao acaso, navegando em sites de música, a primeira que ouvi foi “An Irish Pub Song”, desde então, não saem da minha playlist.

A banda continua atuante, tem shows marcados, mas infelizmente, não aqui no Brasil.

FacebookSite oficial – YoutubeInstagram

Discografia

 The Rumjacks - Crosses For Eyes The Rumjacks - Gangs of New Holland The Rumjacks - Sound as a Pound The Rumjacks - Hung, Drawn & Portered

 

Melhor clipe

Divertido e cheio de clichês, o que mais gosto é esse clima descontraído e foi um clipe muito bem produzido. O clipe ficou leve, mesmo o conteúdo da letra seja “grosseiro”.

Comentários Kauê

Um mistura muito boa a beira do genial .Tendo como referencia o punk rock e o folk classico.Uma banda para todos os momentos.

Na musica An Irish Pub Song vemos a otima mistura do punk rock com uma flauta irlandesa majestosamente colocada em determinados momentos.Sem duvida um dos maiores destaques dessa musica e a entonação da voz e a imponência vinda de uma batera bem colocada com o baixo com uma distorção leve e a guitarra como no punk.Ate mesmo a caída que tem na musica com accordion e muito boa.

Na musica Wild Mountain Thyme e uma visão diferente com pintadas de punk com detalhes natalinos no som.Sendo uma musica divertida de mais para qualquer momento a utilização dos backs fica muito evidente essa questão de união entre eles.Guitarras extremamente exploradas tendo varios riffs diferentes e bem criativos.Enquanto isso a batera tambem tendo um hiper desenvolvimento com um baixo segurando a linha melodica mais ao mesmo tempo muito presente .

Na musica The Rumjacks – Plenty das três musicas essa e a que deixa mais com a cara da banda.Um baixo super trabalhado com uma bateria super suave porem forte.Guitarras bem sujas e caracteristicas com riffes acompanhando o baixo o tempo todo.Voz tambem super caracterizada com o estilo e backs clássicos também.

comentários

  1. Não sou de ficar pesquisando músicas pela net. Aliás, não sou nada musical. Curto algumas coisas, mas nada que seja direcionado a um estilo, ou coisa do tipo. Então, se não fosse esses posts, com certeza não conseguiria saber dessas bandas. Achei a banda bem legal,. Gostei bastante das batidas (apesar de não conhecer nada sobre. kkkk).

    @_Dom_Dom

  2. Sou um zero no quesito músicas, confesso. Só escuto quando está tocando em algum lugar, porque eu ir procurar sobre alguma banda e tudo mais… raríssimo. Então é claro que nunca tinha ouvido falar dessa, mas escutando o que você colocou aqui, infelizmente não faz o meu estilo :/

  3. depois que vc falou que era grosseiro, eu fui pesquisar a letra na net, grosseiro é uma forma bem delicada de colocar, né?
    eu imaginei um monte de pirata quebrando tudo num “pub irlandês (se piratas andam em pub irlandês eu não sei, mas foi a imagem que veio na minha cabeça)
    eu acho legal essa mistura de folk com rock, mas confesso que essas letras pesada em uma melodia fofinha não são meu forte, mas valeu pela dica!

  4. hahahhahaa ontem descobri um gênero novo pra mim o horrorcore, gente, é imoral hahaha.
    Mas deixa esse irish rock no chinelo. Acabei ouvindo um pouco por conta de um programa no Discovery Id.

  5. Amy!
    Não conhecia e gostei muito, os achei diferente e criativos.
    A vozinha rouca do gruner me conquistou de primeira e a batida mais forte tocou meu coração.
    Lembrei dos Mamonas Assassinas.
    cheirinhos
    Rudy

  6. nao conhecia a banda nem suas musicas mas adorei conhecer e saber um pouco sobre eles, so clipe é bem legal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*