Rush Sem Limites 

ISBN-13: 9788580414110
ISBN-10: 8580414113
Ano: 2015 / Páginas: 192
Idioma: português
Editora: Arqueiro

line

Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan. Até que Blaire Wynn chega à cidade em sua velha caminhonete. A beleza angelical da garota do Alabama logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. Mesmo que ela precise de sua ajuda. E mesmo que ela lhe desperte sentimentos desconhecidos. Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto.

Introdução

Em Rush Sem Limites, temos a visão de Rush sobre os primeiros acontecimentos na série. Antes tinhámos a visão de Blaire, agora, mais próximos de Rush do que nunca. É claro que quando a moça loira entrou na vida dele, foi praticamente impossível evitá-la. Uma narrativa que discorre muito da personalidade bem como suas dificuldades não só em tentar manter o controle, bem como por sua meia irmã Nan nos eixos.

Sobre Abbi Glines

Abbi Glines - Author

Abbi Glines é um # 1 New York Times. Ela tem uma nova série YA que sai no segundo semestre de 2015 intitulado The Field Party Series. Ela nunca cozinha. Ela acredita em fantasmas. Bebe o chá da tarde, porque ela quer ser britânica, mas “infelizmente” ela nasceu no Alabama. Quando perguntam quantos livros ela escreveu, ela tem que parar e contar nos dedos. Quando ela não está trancada escrevendo, ela está lendo, fazendo compras (tem vício por sapatos e bolsas), assistindo filmes no cinema sozinha ou fazendo anotações mentais sobre suas histórias para usar em seus livros.

Site – Twitter

Edições estrangeiras

18211536 22009482 25548168 23206978 25033306

Narrativa

Quem teve a oportunidade de ler resenhas anteriores dos livros, sabe que somente no último livro, tive uma “boa relação” com esse personagem. Nos anteriores, sempre ficava com a sensação de perturbação. Ter um livro só pra aproximá-lo ainda mais do leitor, foi uma experiência muito boa, pois acaba justificando muito mais o seu comportamento e nas decisões que precisou tomar diante dos problemas. O prólogo do livro é um ponto alto, já no início dele, estamos completamente entregues a narrativa e tudo flui da melhor maneira possível. Os defeitos e qualidades são expostos sem culpa. Nan continua sendo uma personagem intragável, a cada livro me irrito mais. Seria uma boa Abbi escrever um sobre o ponto de vista dela, quem sabe isso mude também, pois a cada nova atitude da garota, eu simplesmente, não entendo.

Diagramação / capa

Confesso adorar a capa desse livro em comparação com as outras edições. A original, parece um personagem totalmente diferente do que aparenta o Rush. Felizmente a Arqueiro salvou o moço. A edição está boa, não encontrei erros e a leitura foi bastante agradável.

Considerações Finais

Como vocês sabem, não sou uma pessoa que lê muitos livros do gênero, mas a saga de Rosemary Beach eu pude acompanhar mais de perto e admito que não me arrependo nenhum pouco, a cada livro, Abbi me surpreende com boas cenas e diálogos.

comentários

  1. pelo jeito o livro é bom mesmo, pena que tenha poucas páginas, já tinha visto sobre a serie, nao li nenhum ainda mas espero em breve pode ler

  2. faz tempo que eu coloquei essa série na minha lista, mas como as opiniões oscilam muito eu sempre acabo empurrando… eu não vou mentir, não gosto de livros “vamos ver a mesma história pelo outro” se fosse uma continuação talvez, mas enfim…
    a capa é realmente muito linda(é uma das coisas que me atrai na série =D)

  3. É um livro que te ajuda a sair da deprê literária… sério, funciona muito bem assim. Leitura rápida, divertida e com algumas cenas mais “quentes” e inusitadas…
    Pode ler um ou dois, eles são histórias separadas… tem seu “fim”.

  4. mesmo curtinho, vale.
    Além do que, mesclo eles com livros maiores, ajuda bastante no meu ritmo frenético de leitura. hahaha

  5. Eu gosto da escrita da Abbi, mas confesso que achei que essa série, mas especificamente a historia do Rush tem se prolongado muito, pra mim dois livros estavam de bom tamanho.. Também não gosto muito de ler a mesma história sobre os dois pontos de vista.. acho um pouco cansativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*