O Evento

 

Fest Comix é um evento de cultura geek que tem foco quase exclusivo para HQ’s. O evento é organizado pela loja Comix, que fica em São Paulo. No evento é possível comprar colecionáveis, cards, livros, hq’s, posters, bottons e prints. No evento há uma área destinada aos artistas nacionais e um local de autógrafos, onde roteiristas e ilustradores reconhecidos autografam seus exemplares. Como por exemplo, os irmãos Vitor e Lu Caffagi.

 

Pontos positivos:

[yes_list]

  • Guarda volume gratuíto;
  • Fácil acesso à metrô e ônibus;
  • Van gratuita saindo ao lado do terminal Jabaquara;
  • Bons descontos.

[/yes_list]

Pontos negativos:

[no_list]

  • Falta de segurança na entrada do evento;
  • Demora na divulgação dos eventos e debates dentro do festival;
  • Pouco espaço para os visitantes acompanharem esses eventos. Principalmente, na Arena Comix. Seria interessante que nos eventos principais fossem exibidos fora aos que não puderam entrar.

[/no_list]

Toy Show

  

Uma das varias lojas dedicadas a esse universo dos colecionáveis, possui preços variados de R$39 a R$ 60. Há 10% de desconto em todos os produtos da loja e acima de R$ 100,00 parcelas sem juros de 3x. Muitos dos produtos altamente conservados e bem feitos como vistos aqui em cima. A disposição da loja foi bem feita e bem atrativa aos visitantes.

  

Arena Comix

Painel do Quadrinho Nacional, com as editoras Mino, Balão Editorial, Marsupial, Aquário, Veneta, Draco e Jambô. Mediação de Lielson Zeni.

  

No primeiro dia, pudemos acompanhar esse painel. Os editores puderam falar sobre a influência que os quadrinhos podem gerar e criar novos roteiristas e ilustradores para o mercado. Bem como modificar e criar laços com o público são tidos como algo único e recompensador. O debate também foi explorado no quesito da censura atual. A distribuição desse material também é de suma importância, já que em alguns nichos, não chegam nem a ser colocados à venda. Em alguns casos por motivos banais, outros envolvendo tabus, como cenas de sexo, homossexualismo e que confrontam conceitos religiosos.

Mestre dos Quadrinhos – Jayme Cortez

  

Há uma exposição sobre Jayme Cortez, um quadrinista, ator e ilustrador que em 1951, foi um dos organizadores da primeira exposição internacional de quadrinhos. Onde o terror era o tema, evento feito em São Paulo no Centro de Cultura e Progresso. Jayme é considerado um dos maiores quadrinistas do Brasil.

Jayme Cortez morreu pouco antes de completar 61 anos devido a um ataque cardíaco, após dois dias internado em consequência de uma hemorragia no abdômen, deixando organizado o álbum Saga do Terror, que reunia vários de seus quadrinhos e que foi lançado postumamente pela editora Martins Fontes.

  

Venda de Cards (ponto no I)

  

Há uma variedade de cards e jogos sendo vendidos a preços reduzidos. A localização não é muito favorável, aos mais desatentos, fica quase escondido. Porém, os descontos são ótimos para aqueles que gostam.

Área dos Artistas

 

Área dedicada aos artistas tanto de HQ’s como de artes em geral, ilustradores. Como Gabriel Arrais, Bianca Pinheiro, Melody, Gustavo Casari Monreal, Mariana Santtos, entre outros artistas nacionais. No geral, é o melhor lugar a se visitar. Pois conhecerá novos trabalhos e novos ilustradores e quadrinistas que em muitos casos, são independentes. Os preços são favoráveis e tem para todos os gostos e bolsos.

Comix

 

Obviamente, é a maior área do evento. Fomos ontem também, mas hoje foi algo bem demorado em relação ao dia anterior. Há uma variedade muito grande de conteúdo, alguns preços compensam outros são bem mais altos do que encontramos em outras lojas. Cabe pesquisar antes de comprar. O acesso a area foi rápido, a maior demora foi na fila de pagamento. Os descontos chegam a 80%, mas é preciso procurar bastante.  Outra vantagem é que quem possui cartão do Banco do Brasil, tem 5% a mais de desconto. A loja oferece parcelamento em até 3 vezes sem juros e fornece um cupom de 20% de desconto na loja até o final de agosto.

Minas Nerds

 

Hoje pudemos acompanhar de perto a área das Minas Nerds, um debate descontraído sobre as mulheres que trabalham com HQ`s com a presença da Adriana Melo e da Germana Viana. O debate foi mediano pela Gabriela Franco e pela Dani Rios Boleeiro. Nessa conversa pudemos saber desde as dificuldades de entrar no mercado até resposta que vem obtendo do público. Atualmente é um mercado que está sendo consolidado, mas que ainda enfrenta alguns paradigmas.

Compras

  

Sempre tente aproveitar os primeiros dias, pois o evento é grande e dura 3 dias. Parece óbvio, mas quanto mais chega perto do domingo, menos coisas tem. Faça uma lista antes e tenha em mente quanto custa em outros lugares.

  

Compramos mais hq’s, algumas variadas outras especificas, como a nova hq do Esquadrão Suicida, coisa que se não teríamos se não estivéssemos no primeiro dia. Vampiro americano num preço super acessível. Compramos mais da série de hqs da Marvel Zumbis, Homem aranha,Vingadores,Volverine. Algun nacionais como Necromorfos,Van apocalipse e Famintas. Todos com preços baixos em relação a outras lojas.

 

Amanhã sai a cobertura de hoje! 😀