O Vitral Encantado

ISBN-13: 9788501092076
ISBN-10: 850109207X
Ano: 2015 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Galera Júnior

O avô de Andrew Hope acabou de falecer e lhe deixou seu casarão como herança. Mas muito mais do que isso. Ele era um grande mago e Andrew herdou também o campo de proteção da propriedade (o que automaticamente o torna responsável pela segurança de todos os que vivem ali) e um curioso artefato: um vitral de muitas cores e claramente mágico. Quando o jovem Aidan Cain, caçado pelos temidos Perseguidores, surge em sua porta à procura de abrigo, Andrew encontra nele um amigo para desbravar os arredores do casarão. Mas com Aidan ele vai descobrir que o passado de sua família pode ter muito mais magia do que imaginava. Diana Wynne Jones nos proporciona uma aventura delicada e cheia de humor britânico moderno. O Vitral Encantado é um prato cheio para os fãs de Neil Gaiman e outros autores de fantasia.

Introdução

Em O Vitral Encantado, Andrew Hope herda a Melstode House e imediações, após a morte de seu avô. Logo de início, ele pensa que após herdar esse generoso império do avô, poderia largar seu emprego na universidade e começar a escrever um livro que estava em seus grandes desejos, mas que um mundo totalmente novo e de personagens inusitados estão no seu caminho. Ah, e o tal vitral, ele tem grande parte do encantamento. Um vitral que fica na porta da cozinha. Além disso, terá Aidan, um garoto órfão que foge de Londres e busca abrigo. Aos poucos a grama ganha forma e os fatos vão se tornando mais palpáveis e deixam de ser inusitados ou meros acasos.

Sobre Diana W. Jones

Diana Wynne Jones nasceu em Londres no dia 16 de agosto de 1934, filha de Marjorie e Richard Aneurin Jones, ambos professores. Quando foi anunciada a Segunda Guerra Mundial, às vésperas de seu quinto aniversário, Diana foi levada à casa dos avós no País de Gales e dali em diante se mudou várias vezes, incluindo períodos em Coniston Water, York, voltando a Londres e se fixando em Essex. Cursou Inglês em Oxford, onde teve aulas com C. S. Lewis (autor de Crônicas de Nárnia) e J. R. R. Tolkien (autor de O Senhor dos Anéis), formando-se em 1956.

Edições estrangeiras

6764886 6609580 7997849

Narrativa

A narrativa é feita em terceira pessoa e consegue captar a personalidade única de cada um dos personagens que vão aparecendon na trama.

Ah, se eu fosse lhes dizer qual o motivo de gostar tanto do livro, sem dúvida são os personagens curiosos que vão aparecendo ao longo da trama. Principalmente, Tarquin, Aidan e Sr. Stock.

O ritmo do livro é leve e ao mesmo tempo inspirador. Se você se permitir, viajará em todos os acontecimentos do livro sem ficar com nenhum pingo de tédio. O que mais gosto dos livros juvenis são as infinitas possibilidades de dialogar com o público que são tão bem exploradas nesse livro.

Capa e diagramação

Além da sinopse, um dos motivos mais gritantes pra ler o livro, foi sem dúvida a capa. É bastante atrativa e foi produzida pela Galera, ou seja, a edição mais bonita. Na minha opinião, pelo menos. A diagramação é bem feita, o tamanho de fonte é bem adequado.

Considerações finais

É uma pena que Diana Wynne não esteja mais viva, pois tenho certeza que poderia nos agradar muito mais com livros tão encantadores como esse. A notícia boa é que ela possui outros livros e quem sem dúvida, assim que houver oportunidade, os lerei. Um livro de aventura, fantasia e que promove uma sensação muito boa quando se conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*