Deixa Ela Entrar

ISBN-13: 9788525052216
ISBN-10: 8525052213
Ano: 2013 / Páginas: 504
Idioma: português
Editora: Globo Livros

Introdução

Em Deixa ela entrar, Oskar é um menino de 12 anos que mora no subúrbio de Estocolmo com sua mãe. Os seus pais são separados e ele não tem um relacionamento nada fácil com o pai. Ele não tem amigos e vive sozinho na escola, sendo bastante hostilizado pelos colegas. Um dia, Eli, uma garota da mesma idade de Oskar se muda para o apertamento ao lado do seu com um senhor chamado Hakan e uma onda de crimes em sua vizinhança. Seriam os novos moradores? O que realmente está acontecendo? Quem é o responsável? A parte boa disso é que Oskar finalmente tem uma amiga para passar os dias.

Deixa ela entrar, foi adaptado para os cinemas e teve direção do sueco, Tomas Alfredson em 2008. Há uma versão americana também, dirigida pelo Matt Reeves em 2010. Onde Oskar se chama Owen e Eli se chama Abby. 

Sobre John Ajvide Lindqvist

Nasceu em 1968 em Blackberg, um subúrbio de Estocolmo (onde muitos dos seus romances têm lugar). Sempre sonhou ter uma profissão assustadora e fantástica: primeiro tornou-se ilusionista (foi quase campeão de truques de cartas num concurso internacional) e depois comediante. Fez comédia stand-up durante mais de 12 anos e foi dramaturgo e guionista para a TV sueca. Deixa-me Entrar, o seu primeiro romance, foi um best-seller internacional, tendo sido adaptado duas vezes ao cinema. Os seus restantes romances – sempre sobre temas relacionados com a fantasia e o terror – estão publicados em todo o mundo e são também grandes sucessos junto da crítica e do público.

Edições estrangeiras

943402 7911377 4907587 5181655 2802926 6931025

Narrativa

É preciso estar longe de qualquer pré julgamento, ou será totalmente ludibriado. A narrativa possui muita violência e cenas mais do que assustadoras. Em alguns momentos sentirá nojo e repulsa. O relacionamento entre Oskar e Eli, é reconfortante em meio a tantas coisas acontecendo.

Os detalhes da narrativa são impressionantes e muito bem costurados, até quando há saltos temporais. Há o enredo principal, mas existem subtramas dentro da narrativa que tornam o livro ainda mais rico ao leitor.

As mortes que acontecem na cidade, são totalmente misteriosas, pois começam com desaparecimentos e quando acham o desaparecido, ele está morto e sem nenhuma gotinha de sangue. O problema é que Hakan começa a ser descuidado e acaba por ser descoberto. Para proteger Eli, ele joga ácido no próprio rosto, mas ele fica totalmente desfigurado. Eli é uma vampira com mais de 200 anos, mas sempre foi uma criança, ter que ser virar sozinha não é uma tarefa fácil.

São poucos livros que tenham temática vampiresca que me agradam, confesso. Mas o autor consegue mostrar e misturar elementos, sem que soem falsos.

Diagramação e capa

O trabalho da Globo livros foi bastante cuidadoso com a edição. Não foram encontrados erros que comprometam a leitura, pelo contrário, foi bastante responsável pela minha ansiedade em lê-lo o quanto antes.

Considerações finais

Deixa ela entrar, é um livro muito marcante. Adoro o gênero e a forma como Ajvide consegue por tantos elementos sem que você se sinta perdido. Tive oportunidade de assistir aos filmes antes de ler o livro e a versão sueca consegue manter ainda mais os elementos presentes no livro. Recomendo tanto a leitura quanto os filmes para aqueles que tem estômago forte. É preciso, pois ambos possuem cenas fortes.