Magia do Sangue

ISBN-13: 9788580414714
ISBN-10: 8580414717
Ano: 2015 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Arqueiro

Introdução

Em Magia do Sangue, Branna O’Dwyer e Finbar Burk tiveram um paixão no passado, mas infelizmente, esse romance durou muito pouco. Uma maldição entre o sangue das famílias tornou esse amor impossível, ou seja, não podiam ficar juntos. Branna teve de desistir do seu amor, e preencheu esse vazio com os amigos e a sua família, mas tem a consciência que sem Finbar, sua vida nunca será completa. Finbar, está extremamente focado em seu trabalho, viajando pelo mundo a fora. Mas o destino os junta em uma missão muito difícil quando Iona chega a Irlanda, juntos terão que descobrir um meio de se renderem a esse amor e encontrar forças para derrotar o inimigo, Cabhan.

Confira resenha do #1 e #2 livro da trilogia Primos O’Dwyer.

Sobre Nora Roberts

Eleanor Marie Robertson nasceu em 10 de outubro de 1950 em Silver Spring no estado de Maryland nos EUA. Nora Roberts é uma simplificação do seu nome de batismo. Começou a escrever em fevereiro de 1978 quando ficou presa com seus filhos em uma nevasca. Ela escreveu sob psedônimos como Sarah Hardesty, Jill March e J.D. Robb ( que vêm das iniciais de seus filhos e seu sobrenome). É uma autora de best-sellers românticos e foi a primeira mulher a figurar na Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos (Romance Writers of America Hall of Fame).

Edições estrangeiras

24472852  25654448 25835962 26879154 25239795  25698412

Narrativa

A narrativa segue o padrão dos livros anteriores, em terceira pessoa, dando ao leitor um panorama maior da trama, sem perder reações e situações onde os personagens são inseridos. Todos os persoangens tem sua importância, ou seja, no geral, foi a melhor escolha de narrativa. O que todos ficam curiosos, tem desfecho apenas ao final do livro. Nora deixa o suspense tomar contra da trama e cria um desfecho um pouco corrido ao padrão dos livros anteriores, mas nada que incomode, pelo contrário, trabalha a ansiedade do leitor por aquela batalha contra Cabhan e a maldição que a família enfrenta por um bom tempo.

Diagramação e capa

Felizmente, a editora manteve o padrão em toda a trilogia, não é minha capa favorita, mas condiz bastante com a narrativa do livro. Não foram encontrados erros que comprometam a leitura, no geral, uma ótima edição.

Considerações finais

Magia do Sangue, é sobretudo um livro sobre o amor, amizade, fidelidade e um misto de sentimentos enraizados em todos nós. A trilogia funciona e entretém na medida certa.

Chega ao fim, uma trilogia completa que li da Nora Roberts (YAY!) Pra quem acompanha o blog há um tempo, sabe o quando eu me sentia mal pelo fato de nunca ter lido nada da autora antes dessa trilogia. Já adianto que agora irei ler o quarteto das noivas, e claro, vou resenhar todos por aqui o/