Uma História Meio Que Engraçada

ISBN-13: 9788544102589
ISBN-10: 8544102581
Ano: 2015 / Páginas: 296
Idioma: português
Editora: Leya

 

Introdução

Em Uma história meio que engraçada, Graig Gilner é um adolescente de 15 anos, dedicado e tinha o sonho de entrar na Executive Pre-Profissional Hight School, uma das mais disputadas escolas do ensino médio em Manhattan. Quando ele consegue, acredita que terá muito sucesso na vida, mas quando ele começa a estudar lá, ele percebe que terá mais dificuldades para se formar do que teve para ingressar. Ele sofre muitas pressões e passa a desenvolver uma crise aguda de depressão e passa a ter dificuldade em manter algo no estômago. Com esses problemas, Graig começa a consultar psiquiatras, procurando por ajuda para que possa vencer todos os seus problemas.

Sobre Ned VizziniFoto -Edison Price Vizzini

Ned Vizzini foi o autor best-seller dos aclamados livros para jovens adultos “It’s Kind of a Funny Story” (também um grande filme), “Be More Chill”, “Teen Angst? Naaah…”, e “The Other Normals”. Ele escreveu para o New York Times, Salon, e para a L Magazine. Na televisão, ele escreveu dois episódios de Teen Wolf para a MTV. House of Secrets foi seu mais recente trabalho, escrita em coautoria com Chris Columbus. Vizzini suicidou-se em 19 de dezembro de 2013, em Brooklyn, Nova York.

Edições estrangeiras

248704 7945517 7533289 16001120 28685334 15823942

Narrativa

A narrativa do livro é em primeira pessoa, Craig dá seu ponto de vista e sua visão de mundo um tanto quanto peculiar.

Craig é um adolescente um tanto quanto problemático. Com a ajuda que recebe da Doutora Minerva começa a se medicar, mas acredita que o remédio tem feito ele piorar e para com a medicação, seus problemas pioram e os pensamentos suicídas vivem tomando conta de sua mente. Vizzini dá muita realidade a trama, pelo fato do autor ter sofrido bastante com a depressão , muito dos seus sentimentos se misturam aos de Craig. Vizzini cometeu suícidio em 2013, o tema da trama é bem próximo da vida que levava. Os personagens secundários são importantes pra trama ganhar mais dimensão, ele tem apoio dos pais. E outros personagens tornam a trama ainda mais completa, destaque para Noelle e Jimmy. Os problemas que os jovens enfrentam e muitos se recusam a acreditar e ouvir. É um YA extremamente reflexivo e um dos melhores que já li. Diferente dos outros YA’s que li, é preciso estar disposto a interpretar, a sentir e compreender os personagens para que a experiência seja mais do que positiva. Ela carrega mensagens que geram discussão.

Capa e diagramação

Adoro a capa do livro e ela faz total sentido na trama.  A diagramação do livro está muito boa, tanto o tamanho da fonte com o espaçamento são bem adequados. O livro tem uma boa revisão, há poucos erros, mas não comprometem a leitura.

Considerações finais

Uma história meio que engraçada, é uma história leve, séria, engraçada e muito motivadora. A ironia da vida é que Ned não teve a mesma perspectiva do personagem. Mas tenho certeza que esse é um legado que deixará para todos os que passam por situações e problemas tão complexos. Uma das tramas mais bonitas que li em tempos.

O livro tem uma adaptação cinematográfica e o nome é “Se enlouquecer, não se apaixone”.

comentários

  1. Uau, pela sua escrita parece ser um livro super diferente. Eu não tenho o costume de ler esse tipo de livro, mas fiquei intrigada.
    Muito bom!

  2. Esse tipo de história e boa para ser lida após ressacas literárias, pelo fato de aborda uma trama mais divertida e leve, gostei bastante da premissa do livro, e me interessei bastante pela leitura, vou anotar essa dica.

  3. Nunca li nada parecido com a história, uma trama que misture problemas emocionais e físicos mas ao mesmo tempo ser engraçado. Fiquei com muita curiosidade!

  4. Eu gostaria que tivessem uma versão traduzida de Be More Chill. Eu realmente estou ficando louca a procura desse livro no meu idioma.
    Eu vi o filme! É bem legal! O livro parece ser interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*