O Acordo

ISBN: B01DPF46DC
Ano: 2016 / Páginas: 360
Idioma: português
Editora: Paralela

line

Introdução

Tive a oportunidade de ler o livro antes do lançamento, como cortesia da editora Paralela. Fiquei bem curiosa com a sinopse, adoro livros que explorem a vida universitária.

Em O Acordo, Hannah Wells e Garret Granham são estudantes  da Briar University, em Massachusetts. Ela estuda música enquanto ele, é jogador de hóquei. Ela é pouco conhecida e ele é uma das pessoas mais populares do campus. Como se encontram? Bom, Hannah é uma ótima aluna, mas Garret vai mal em uma prova e quando vê que ela tirou uma ótima nota, pede ajuda a ela. Porém, isso não é fácil, Hannah não estava disposta a ajudá-lo, mas com tantas com as inúmeras tentativas, começa a conhecer mais sobre Hannah, principalmente quando descobre que ela tem uma queda por um jogador de futebol. Eles firmam um acordo: ele terá de ajudar Hannah a fazer ciúmes em outro cara, enquanto ela o ajuda com os estudos, garantindo assim sua vaga no time e a promessa de um futuro como jogador profissional.

Sobre Elle KennedyFoto -Elle Kennedy

Elle Kennedy cresceu nos subúrbios de Toronto, Ontario, e é bacharel em Inglês pela Universidade de York. Desde cedo, ela sabia que queria ser uma escritora, e começou a perseguir ativamente esse sonho, quando ela era adolescente.

Edições estrangeiras

24920901 29561669 29773855 28252415 29455376

Narrativa

A narrativa pode ser batida, você já sabe muito bem o final logo com a sinopse.  Mas o interessante é ver como Elle consegue criar personagens tão interessantes e situações são envolventes que deixam o leitor em êxtase.

Garret tem a voz masculina mais fiel de um garoto universitário que li até hoje. Não é aquele mocinho fofinho e sem graça, pelo contrário, é sarcástico e malicioso. Hannah também não é a bobinha e sem graça, ela é divertida e em alguns momentos insegura, mas tem jogo de cintura em várias situações. Os personagens secundários são desenvolvidos lentamente, tudo leva a crer que serão melhor desenvolvidos em outros volumes, onde serão protagonistas. O que é maravilhoso, pois nos atemos aos principais e eles tomam conta das melhores situações durante o livro.

O que torna o livro divertido, é que o romance acontece naturalmente. Não é nada à primeira ou à segunda vista, pelo contrário, amadurece até o inevitável, o que é muito bom pro leitor começar a acreditar que definitivamente foram feitos um pro outro.

Projeto gráfico

De todas as edições, a feita pela Paralela, sem sombra de dúvidas é a mais bonita e mais condizente com a trama.

Considerações finais

O Acordo, foi uma leitura bem divertida. O livro é bem escrito e que promove boas risadas, pelas situações exploradas pelos personagens. Não é aquele tipo de livro cheio de morais e reflexões, mas facilmente seria aquele filme de comédia romântica que você assistiria várias e várias vezes quando tivesse saudade dos personagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*