A Química que há entre nós - Krystal Sutherland

quimica_que_ha_entre_nos_ALTA

A Química Que Há Entre Nós

ISBN-13: 9788525062406
ISBN-10: 8525062405
Ano: 2017 / Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Globo Alt


Introdução

Em A Química que há entre nós, Henry Page é um jovem de 17 anos que está no último ano do ensino médio. Tudo ia muito bem, até quando em uma aula de teatro, fica intrigado com uma garota. Ela se chama Grace Town. Misteriosa e sem muitos amigos, Henry e Grace começam uma amizade que desencadeia em um romance cheio de segredos. Quão forte são esses segredos? São eles que dão vigor a trama e tornam a leitura ainda mais empolgante. E claro, as referências tornam a leitura cheia de saudosismos.

Sobre Krystal SutherlandFoto -Krystal Sutherland

Krystal Sutherland nasceu e foi criada em Townsville, na Austrália, um lugar que nunca conheceu o inverno. Depois, ela morou em Sydney, onde editou a revista estudantil de sua universidade, em Amsterdam, onde trabalhou como correspondente internacional, e hoje vive em Hong Kong. Ela não tem animais de estimação nem filhos, mas gosta de dar nomes a seres inanimados: na Holanda ela teve uma bicicleta chamada Kim Kardashian e um pequeno e inflável velociraptor chamado Herbert. A Química Que Há Entre Nós é seu primeiro livro.

Edições estrangeiras

28186273 33020834 33797689 34602324

Narrativa

O que falar de Henry? Ele é quase uma versão mais nova de todo leitor geek que conheço. O livro tras referências fortes de Star Wars e Harry Potter à torto e a direito. Grace é uma pessoa reservada e cheia de cicatrizes, quase o extremo oposto da simpatia que Henry tem durante toda a trama. Os personagens secundários tem grande destaque e importância na trama, principalmente a família de Henry que é muito divertida, claro, cada um à sua maneira.

A leitura é leve, divertida embora trabalhe alguns questões difícieis, se mantém fofo e delicado.

Projeto gráfico

A capa é uma versão brasileira da capa estrangeira e tem muito sentido com a trama. A capa me remeteu o novo livro da Jennifer Niven, “Juntando os pedaços”.

Considerações finais

Em A Química que há entre nós, é um livro que vai te proporcionar boas risadas e leva um desfecho bem simples e ao mesmo tempo elaborado. Krystal conseguiu criar bons personagens e situações que tornam a leitura bem mais radiante. Qualquer semelhança com os personagens de John Green, são mera coincidência.

0 I like it
0 I don't like it

Estudante de produção editorial, graduada em cinema e webdesign. Dedicada, apaixonada por café, livros, filmes e exposições. Não vivo sem os livros do Stephen King, Joe Hill e Harlan Coben. Em minha playlist não falta: Green Day, American Authors, Strokes, The Lumineers, Amy Winehouse, One Republic, Carla Bruni, Foo Fighters, RHCP, The Doors, Ramones e AC/DC.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *