Um Estranho Numa Terra Estranha

ISBN-13: 9788576573043
ISBN-10: 8576573040
Ano: 2016 / Páginas: 568
Idioma: português
Editora: Editora Aleph


Introdução

Essa edição começa com a introdução de Gaiman contando como a narrativa de Heinlein foi importante e como Um estranho foi um marco na carreira do autor, a referência de Kipling com Mogli, foi totalmente o que me veio a cabeça quando estava lendo, lógico que numa perspectiva diferente. Valentine Michael Smith é um ser humano foi criado por seres de marte que desce a Terra. Ele terá de aprender a cultura humana. Ver o mundo sob a perspectiva de Valentine é algo bem curioso. Pense num livro polêmico. Pensou? Então esse é o livro mais polêmico que tive oportunidade de ler. Ele mexerá com conceitos e levará a questionamentos que estão além das suas 568 páginas.

Sobre Robert A. HeinleinFoto -Robert Anson Heinlein

Robert Anson Heinlein foi um escritor de ficção científica conhecido por ser “o decano dos escritores de ficção científica”. Foi um dos mais populares e controversos autores do gênero.
Ele estabeleceu um padrão alto de ciência e engenharia, ajudando a elevar os padrões do gênero de qualidade literária. Ele foi um dos primeiros escritores a quebrar o mainstream com a ficção científica pura.
Por muitos anos, Heinlein, Isaac Asimov e Arthur C. Clarke foram conhecidos como os “Big Three” da ficção científica.
Heinlein venceu Hugo Awards por quatro de seus romances, além disso, 50 anos após a publicação, três de seus trabalhos receberam “Retro Hugos”.
Ele também ganhou o primeiro Grande Prêmio Master dado pela Science Fiction Writers of America para a sua obra.
Em sua ficção, Heinlein cunhou palavras que se tornaram parte do idioma Inglês, incluindo “grok” e “Waldo”, e popularizou o termo “TANSTAAFL”.

Narrativa

O livro é critico, de um modo ácido e que irá corroer muitos dos seus valores (ou não). É um livro que aborda temas polêmicos e que dividem opiniões. Sexo, religião, política, relacionamentos, amor e várias questões que são abordadas de um modo bem ousado. Escrito em 61, mas que não tem nada de datado, pelo contrário, muito do que o autor descreve, permanece de uma forma ou de outra. Definitivamente não é um livro pra todos, é preciso paciência e uma mente bem aberta para não aceitar tudo como absoluto, pois está longe de ser. Tive uma experiência completa durante a leitura, questionei, comentei com alguns amigos durante a leitura, fui instigada a pensar. E eu sou suspeita a falar quando os livros tem esse poder de fazer o leitor pensar e digerir sobre o que está lendo. Ele não subestima o leitor em momento algum.

Projeto gráfico

Sabe aqueles livros que te encantam à primeira vista e quando o vê pessoalmente esse amor aumenta? Foi o caso. O projeto está lindo, cheio de detalhes e muito cuidado por parte de quem o fez.

Considerações finais

Um estranho numa terra estranha, é um livro arrebatador. É do tipo de livro que muitos vão gostar e muitos vão odiar. A narrativa não é fácil, um livro de muitas páginas e capítulos. Porém, ao analizar o conjunto, vale cada página virada.