Dezesseis

ISBN-13: 9788550301532
ISBN-10: 8550301531
Ano: 2017 / Páginas: 240
Idioma: português
Editora: Universo dos Livros

Saraiva Amazon Livraria da Folha

 


Introdução

Comecei e recomecei essa resenha várias e várias vezes até ter certeza que consegui passar pra vocês minha experiência com um livro da Rachel Vincent. Preciso compartilhar, foi tão boa que estou tentada a ler tudo o que essa mulher já publicou.

“Nós temos cabelos castanhos. Olhos castanhos. Pele clara. Somos saudáveis, fortes e inteligentes. Mas só uma de nós já teve um segredo.”

Em Dezesseis, Dahlia 16, é a protagonista e por ela, somos apresentados a Lakeview, um lugar onde a produtividade é levada muito a sério. Ela faz parte do Departamento da Força de trabalho, lá ela é apenas um número. Junto com ela, existem 4.999 garotas iguais a ela, foram criadas para desempenhar seus papéis para a cidade. Tudo ia bem, até ela ficar presa no elevador junto com o Trigger 17, que passam a conversar mesmo que isso seja proibido.

 

Sobre Rachel VincentFoto -Rachel Vincent

Uma moradora de San Antonio, Rachel Vincent tem um BA em Inglês e uma imaginação fértil e consistente, considera que este seja mais prático. Ela divide seu escritório com dois gatos pretos (Kaci e Nyx). Rachel é mais velha do que parece, e mais jovem do que ela sente, mas continua convicta de que a cada dia que passa a escrever, mais um dia serão adicionados à sua vida.
Seus autores preferidos são Stephen King, Anne Rice e Faye Kellerman.

Edição estrangeira

25796631

Narrativa

A narrativa é feita sob o ponto de vista da Dahlia 16, e aos poucos somos apresentados aos cinco departamentos que compõem Lakeview (Força de trabalho, Artes, Especialistas, Defesa e Administração.

Uma trama bem estruturada e com personagens inusitados, Rachel tem uma escrita viciante. Fazia um bom tempo que não ficava tão animada com uma narrativa e o seu desenrolar. Adoro o tema de manipulação genética e como os segredos de Lakeview chegam à tona. O tema muito em voga sobre sair do padrão e se arriscar ao diferente, torna a trama ainda mais interessante.

Projeto gráfico

Me apaixonei logo de início pela capa. Não tenho o costume de me encantar com capas que tem pessoas, porém, ela me chamou bastante antenção pelo contraste, queremos conhecer a garota diferente e felizmente, o livro é bom o suficiente para tornar a experiência ainda melhor.

Considerações finais

Dezesseis, é um livro pra quem está cansado de mais do mesmo. Algo bastante criativo e que te tire o fôlego. O final da trama é a cereja do bolo. Uma ótima pedida para várias idades e gostos.