A Bela e a Fera

ISBN-13: 9788550301020
ISBN-10: 8550301027
Ano: 2017 / Páginas: 204
Idioma: português
Editora: Universo dos Livros


Introdução

Quem nunca viu o filme clássico da disney? Acho que ninguém no mundo irá dizer que não. Recentemente, tivemos um live action onde a Emma Watson, deu vida a Bela nos cinemas. Para que fique claro, o livro não é o roteiro do filme, nem tem a intenção de ser.

Em A Bela e a Fera, Bela é uma jovem que tem uma paixão muito grande pelos livros e vive com seu pai Maurice em um pequeno chalé. Bela era uma jovem a frente do seu tempo, onde as mulheres não tinham o costume da leitura e a viam com olhos críticos, principalmente por ignorar as investidas de Gaston. Ela sabia que na pequena Villenueve, ela não poderia ser nada sem ter os olhos julgadores de todos os moradores. Um dia, seu pai sai para vender suas caixinhas de música e não volta. Phillipe, o cavalo de Maurice retorna e ai então ela tem a certeza de que algo aconteceu, ela monta no mesmo e ele o leva até um grande castelo. Desse ponto em diante, a vida de Bela mudará para sempre.

Sobre Elizabeth Rudnick

Foto -Elizabeth Rudnick

Elizabeth Rudnick é uma autora, editora sênior na Disney Press em NY e uma aficionada de cultura pop (que soa muito mais profissional do que uma viciado em televisão e fofoca).


Edição estrangeira

30145679

Narrativa

A narrativa de Elizabeth é rica em detalhes, a trama inicia com a transformação do príncipe em Fera, algo que não encontramos nos filmes e que de alguma forma, enriqueceu ainda mais a trama. Detalhes e bons diálogos são regados as cenas que já conhecemos. É muito bom reviver todos acontecimentos novamente e tenho certeza que também se encantará com o livro. Afinal, quem não gosta desse clássico? Onde o amor verdadeiro brota de uma amizade que vai rumando para um felizes para sempre?

Projeto gráfico

Gostei bastante da capa que a UDL fez para o livro. A diagramação está ótima e proporciona uma ótima leitura.

Considerações finais

A Bela e a Fera, é um uma trama que encanta os mais novos e até os que já estão mais velhinhos (meu caso). É uma estória sobre perdão, amor, amizade e cumplicidade. Os personagens secundários que eu tanto adoram encantam da mesma forma que me encantei quando assisti pela primeira vez. Um bom retorno ao mundo dos contos de fadas.