Princesa de Papel

ISBN-13: 9788542208870
ISBN-10: 8542208870
Ano: 2017 / Páginas: 368
Idioma: português
Editora: Essência


Introdução

Em Princesa de papel, Ella Harper, é uma adolescente dos seus 17 anos bastante comum, mas já passou por situações na qual teve de amadurecer precocemente. Depois da morte da sua mãe, ela se muda de Seattle para Kirkwood, uma pequena cidade no Tennessee. Lá, ela tem um lugar para recomeçar e quem sabe fazer a faculdade. Mas para conseguir dinheiro, ela usa uma identidade falsa para trabalhar em uma boate de strip chamada Miss Cindy’s, como dançarina de pole dance. Tudo vai de acordo com seus planos. Até que um tutor desconhecido vai a escola de Ella e dizem que a mãe da garota está morta. Callum Royal, é desconhecido por Ella e a garota faz o que pode para fugir dele. Porém, Callum a encontra facilmente. Tempo depois, Callum revela que é melhor amigo do pai biológico de Ella, o Steve O’Halloran, que morreu sem nunca poder conhecer a sua filha. A vida de Ella muda da noite para o dia, uma vida cheia de luxos em uma escola de elite. Ela passa a viver com os Royal. Callum tem cinco filhos, e eles não fazem a vida da menina parecer nada agrável, principalmente Reed Callum.

Sobre Erin Watt

Erin Watt é o pseudônimo usado pelas escritoras best-seller Elle Kennedy e Jen Frederick na Série The Royals. Elle, canadense, é a autora de Amores Improváveis, e Jen, americana, escreveu as séries Woodlands e Gridiron.

Edições estrangeiras

34945607  35114434  34102453  35610058

Narrativa

A narrativa é conduzida em primeira pessoa por Ella Harper. O que me intrigou na garota foi o fato de ela não ter filtro e tem o costume de fazer isso da forma mais natural possível. Mas também é o motivo pelo qual irá pagar as consequências durante a sua estadia com os Royal. Mesmo sendo mal tratada em vários momentos, ela não deixa se abater, isso torna a trama muito mais empolgante. Reed é um personagem que tive amor e ódio, mas é aquele pelo qual Ella vai sentir uma grande atração.

Ella quer recomeçar, tenta por contra própria e a vida dá uma guinada que ela nunca esperava imaginar. Estar na casa de alguém, como se fosse um favor, não é algo agradável, mas Ella faz o que pode para lidar com a situação.

Projeto gráfico

O projeto gráfico seguiu o padrão de algumas edições estrangeiras, gostei bastante da forma simples e ao mesmo tempo elegante dada a trama. A diagramação é confortável e não foram encontrados erros graves durante a leitura.

Considerações finais

Princesa de papel, é um bom começo de um livro escrito a quatro mãos. Foi uma obra que li em poucas horas (enquanto ia e voltava do trabalho) e fiquei com o gostinho de quero mais. Por sorte, o segundo volume estava me aguardando.