O orgulho e a raça das mulheres de Atenas se projetavam para além do desejo de construir uma família aos moldes da sociedade, elas mantinham a certeza de que aquela forma de viver as manteriam seguras, mas não foi assim com Callíope.

A autora Cindy Stockler constrói uma verdadeira guerreira, daquelas que não vemos comumente na literatura, a que luta pela sua vida dentro dos costumes culturais. Callíope – a escrava de Atenas fará os leitores viajarem no tempo para 2.500 anos atrás e poderão desfrutar de todas as sensações que apenas a cidade helênica pode proporcionar.

Bonita e aos 15 anos foi entregue a um homem mais velho, conforme os custumes da época, porém o destino não deixou que se cumprisse. Callíope, em meio a confusão da Guerra do Peloponeso e ataques espartanos, num revés inesperado, é vendida como escrava.

           “Tártaros queria “compensar” o patrão daquele gasto exagerado. Tão logo chegaram à casa, havia ele mesmo grosseiramente cortado os compridos e macios cabelos de Callíope rente à nuca para vender na ágora às ricas mulheres, para fazerem tranças. As outras escravas assistiram à cena onde a novata, ainda meio amedrontada, fora humilhada pelo capataz que, com brutalidade, lhe pegara os cabelos com uma das mãos, machucando-a, e com a outra passara um facão em linha reta, empurrando-a em seguida.- Venha…. Eu a ajudo… – dissera uma escrava mais velha, apiedando-se da garota que, caída no chão, atordoada, mal conseguia se levantar”.

Longe da família, sem ninguém, não mais dona nem de seu próprio corpo, subjugada à ira do capataz que a odeia, sendo obrigada a ações humilhantes e assediada por ricos cidadãos que desejam seus “favores”, a  jovem helênica tudo enfrenta de cabeça erguida, em seu coração sempre prevalecendo a honra de seus pais.

Nesta incrível viagem no tempo – Callíope – a escrava de Atenas – os monumentos, estátuas, cultura e ruas são detalhadas de uma forma viva e real. Facilmente os apreciadores da literatura de romance e de história criam empatia com os personagens e as técnicas de escrita da autora. E, além do romance, a obra permite uma imersão no contexto educacional com um aprêndice cheio de explicações sobre a época e costumes.

Callíope – a escrava de Atenas

Edição: 1ª

Letras do Pensamento

ISBN:9788562131288

Ano: 2017

Páginas: 336

SOBRE A AUTORA:  Cindy Stockler, romancista e advogada, é autora, entre outros, de “Operação Caipiroska” – romance que se passa em São Paulo. Especialista em ambientizar histórias em lugares singulares e detalhar cada peculiaridade da cultura, a escritora gosta de filmes e romances de época, além de viajar e conhecer as minúcias das grandes e pequenas cidades no Brasil e no mundo – o que contribui para suas idéias e seus romances.