O Barco dos Sonhos, vencedor do Jabuti 2016, está entre os melhores títulos infantis de 2018, em Nova Iorque

Premiado nacionalmente e internacionalmente, a obra O Barco dos Sonhos, de Rogério Coelho (Editora Positivo), acaba de alcançar mais uma conquista no mercado literário externo. A edição americana, “Boat of Dreams”, entrou para a lista dos melhores livros infantis de 2018 da Bank Street College of Education, uma importante instituição educacional de Nova Iorque.

No ano passado, a publicação foi incluída na lista anual da New York Public Library como uma das 100 melhores obras literárias para crianças e também recebeu a medalha de ouro na categoria “children’s picture books” (para todas as idades) no Independent Publisher Book Awards 2017, na edição americana, pela Tilbury House Publishers. Em 2016, a obra de Rogério Coelho venceu o Prêmio Jabuti e o HQMIX para desenhista nacional.

Sobre a Obra

“O Barco dos Sonhos”, de Rogério Coelho, é uma encantadora narrativa em que a realidade e o sonho se misturam. As belíssimas imagens que compõem esse livro retratam a magia que pode surgir de uma folha em branco, das mãos de um velho ou das de um menino, da misteriosa correspondência entre os dois. Trabalha temas como amizade, afetividade, gerações, realidade e imaginação. Recomendado para crianças a partir de 9 anos.

 

Sobre a Editora Positivo

Fundada há 38 anos, a Editora Positivo tem a missão de construir um mundo melhor por meio da educação. Tendo as boas práticas de ensino como seu DNA, a Editora especializou-se ao longo dos anos e tornou-se referência no segmento educacional, desenvolvendo livros didáticos, literatura infantil e juvenil, sistemas de ensino e dicionários. A Editora Positivo está presente em milhares de escolas públicas e particulares com os seus sistemas de ensino. Amplamente recomendados pela área pedagógica e reconhecidos pelos seus resultados, os sistemas foram criados de modo a atender a realidade de cada unidade escolar. Mais de 800 mil alunos utilizam os sistemas de ensino da Editora Positivo, em escolas públicas e particulares, no Brasil e no Japão.