Estilhaça-me – Tahereh Mafi 
Estilhaça-me

Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788563219909
Ano: 2012
Páginas: 304
Melhor preço: R$17,51

Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.

proibido

Introdução

Estilhaça-me é um dos poucos livros que mexeram com a minha cabeça. Tahereh Mafi em seu romance de estréia conseguiu emplacar com uma boa história, em um mundo totalmente diferente do nosso e com personagens tão emblemáticos e interessantes. O livro faz parte de uma trilogia, ou seja, já sabem como estou para a continuação. Aguardando ansiosamente.

Narrativa

A narrativa de Tahereh é composta de muitas articulações. Seja a repetição continua de palavras ou seja a descrição de coisas que estão além do ambiente em que os personagens estão inseridos. Juliette realmente intriga a todos que leem. E o romance é eletrizante quando ganha corpo. Adam é um caso a parte, pois ele é um rapaz atencioso e apaixonado. Está disposto a lutar e fugir para ter Juliette por perto. É um livro frio e quente. Tem momentos muito bons e convincentes. Os tons de cinza na narrativa são evidentes e muito bem escritos. O Restabelecimento promete uma melhora no mundo utópico onde na verdade o caos e as mortes imperam. Um regime ditatorial e elaborado pelo pai daquele que governa esse mundo. O qual Juliette é uma de suas armas, trancada em uma cela sozinha passa a escrever sobre como é ruim viver lá e a vida que tinha antes do Restabelecimento. Até que Adam passa a dividir a cela e começam diálogos que são interrompidos pelo governador desse mundo. O chefe de Adam. Adam disposto a tirar Juliette traça um plano de fuga e ele finalmente ocorre. Mas nem tudo é pra ser perfeito e colorido, estão a procura deles. Um livro que te instiga a virar as páginas compulsivamente, onde ações ocorrem o tempo todo e te instigam cada vez mais.

Momento Macchiato

“Odeio o calor e o suor pegajoso nas costas. Odeio o fastio indiferente de um Sol preocupado demais consigo mesmo para se dar conta das infinitas horas que passamos em sua presença. O Sol é uma coisa arrogante, sempre vendo o mundo pelas costas quando se cansa de nós.

A Lua é uma companheira correta.

Ela nunca se vai. Está sempre lá, observando, constante, reconhecendo-nos em nosso momentos de luz e escuridão, em constante transformação, assim como nós. Todos os dias uma versão diferente dela mesma. Às vezes fraca e lívida, noutras forte e cheia de luz. A Lua compreende o significado de ser humano.” – pag 28

Considerações Finais

Como em todo livro introdutório, ele pouco dá informações pelas quais ficaria surpreso. Como todos os livros da nossa geração de trilogias e séries, ele promete e cumpre no livro alguns dos argumentos e deixa outros muito melhores para discutir em sua continuação. No primeiro livro a personalidade de Juliette podia ser melhor explorada, porém ela daria pistas do que está próximo acontecer. O livro termina num momento crucial e que faz com que o leitor fiquei instigado a ler o segundo volume. Ideia inteligente da autora. Comparações a outras obras eu não julgo pertinente. Pois elas fazem parte de um leque de referências criado pela autora para o desenvolvimento de sua obra. Para um livro de estreia Mafi, o fez muito bem. O que não pode ocorrer é o nível de seu segundo volume não suprir as carências do primeiro livro. A cada livro há essa necessidade e cobrança dos leitores. Espero que isso aconteça. A premissa é boa e a argumentação é consistente.

Indicado para

Amantes do gênero distópico, que vem deixando de lado as histórias de vampiros e lobisomens. Há muito a ser explorado no gênero e tudo leva a crer que a autora irá chegar a um patamar de referência, se bem o fizer.

comentários

  1. Já está na minha pilha de livros para ler o// Amei a resenha Amy! Arrasando como sempre HAHA :]

  2. Nossa, que legal sua resenha! Adorei a organização 😀 Morro de vontade de ler esse livro, mas tô querendo ler em inglês mesmo. Tanta gente fala bem, só vejo resenha de 4 ou 5 estrelas 😀 Espero gostar também!
    Natália Maia – viciadasemlivros.wordpress.com

  3. Muito bem organizada sua resenha, parabéns! 🙂
    Desde um bom tempo tenho ouvido falar muito bem desse livro, e como tenho um fraco por sagas, sinto que vou adorar ele.
    Beijinhos :*

  4. Oie querida parceira, tudo certinho?! Mas a sua resenha está excelente e profissional, amei! Vc daria uma excelente crítica literária! Amei o nome do livro, só achei a capa fraca… 🙁
    Beijo, beijooooo e excelente final de semana!
    She

  5. Próximo livro será o seu o/ kkk
    fico feliz que goste de minhas resenhas, tento passar ao máximo tudo que sei sobre o assunto sem contar nada que afete a leitura futuramente.
    🙂

    beijos

  6. @Aymee, Ah eu gosto muito, saber fazer resenha não é todo mundo que sabe não, eu mesma, apesar de ser jornalista, não faço resenha assim do seu jeitinho, acho muito bom!
    Uebaaaaaaa a próxima é a minha, uebaaaaaa! o/ 😛
    Beijinhos

  7. Oi…meu bem….

    to lendo esse ai…já falei pra vc né…só to empacada nele…por causa do tempo mesmo..gostei do Adam….olha q os meus preferidos sempre são Ethan rsrs….mas gostei desse…

    bjiss

    saudades de tu….me abandonou no msn….faz isso ñ..q eu fico triste..

    beijão….

    Jaira

    Livros e Versos

  8. Teve alguém lá em cima que falou que achou a capa fraca. Eu con-cor-do! 😀
    A capa parece mais de um livro young adult com história super bobinha do que de um livro que tem potencial e uma trama interessante. Confesso que senti muito³ preconceito com Estilhaça-me no começo, e só comecei a mudar de opinião depois de ouvir de pessoas realmente confiáveis que o livro valia a pena.
    Esse mês acho que vou comprar ele, ainda to indecisa (entre gastar vinte bilhões de dólares nesse livro ou esperar um tiquinho pro preço baixar, haha) e to considerando ele com muito carinho. Veremos. XD

  9. Tá, depois do trecho sobre o Sol e a Lua eu morri. Dude, eu tenho que citar isso algum dia!!!!
    Dude, fiquei muito interessada no livro… Mais um pra minha listinha interminável.

    XOXO

  10. Já vi tantas, mas tantas resenhas positivas sobre esse livro, que cada vez me interesso mais em ler.
    O título causa muito impacto, nao é mesmo? E também gosto do tema que ele discute.

    Beijo
    Sem querer me intrometer

  11. @Mallú Ferreira, fico feliz que tenha gostado Mallú.
    kkk eu sou ao contrário, eu fujo das sagas e acabo gostando de um livro delas… o que me deixa aprisionada uhauhsuahsuha
    beijos

  12. @Layn, eh, eu até gostei do efeito da capa… bem diferente, nunca tinha visto um livro assim kkkk
    o livro vale mesmo… independente de capa.
    beijos o/
    *espere a promo aqui no macchiato kkk

  13. @Nana, ahhhh que bom que gostou Nana, fico bem feliz com isso viu?
    continue conferindo, aqui terá muitas novidades boas viu?

  14. @Mariana, LEIAAAAAA! vale a pena viu Mari?
    o preço anda meio salgado mas dá pra fazer um esforço ou participar da promo aqui no blog o/ *logomais*

  15. @Aymee, haha, acontece.
    Mas a verdade é que é uma responsabilidade muito grande construir uma saga, dar um continuamento para um livro. Algumas vezes, e não são poucas, o autor perde o fio da meada e a estória fica confusa.

  16. Eu amei esse livro, muito bem escrito, não consegui ficar confusa com a narrativa como muita gente comentou na blogosfera. É um livro que mexe com o leitor, é uma história eletrizante, cheia de mistério e várias citações que nos inspiram.

    Estou super curiosa para ler a continuação e assistir ao filme (que embora ainda não tenhamos muitas notícias sobre, fiquei sabendo que os direitos foram vendidos antes mesmo do livro estar pronto!).

    Bjs!

  17. Autora conseguiu me deixar ansiosa para a continuação de Estilhaça-me, é um livro envolvente em seu modo. Não é uma leitura para qualquer pessoa, a narrativa é diferente dos demais livros que li este ano.
    Tem tudo para ter uma boa continuação.

  18. Como sempre arrasando na resenha.
    Nossa a escrita da Mafi penetra na mente e envolve de forma fora do comum. Me senti uma adolescente.
    Estou ansiosa também pela continuação, essa trilogia promete fazer sucesso, espero não ficar decepcionada no segundo livro.

    Beijos
    Leitora Incomum

  19. Oi flor!
    Vim assinar o feed, de novo (dessa vez eu consegui o/), e aproveitei pra comentar, já que há tempos eu não fazia isso!
    Quero muito ler esse livro e é bom saber que ele mexeu com sua cabeça, sendo que não é todo livro que consegue isso.
    Gostei bastante das suas considerações finais, bem articuladas!
    Beijão!

  20. Li o livro e a única coisa que tenho a dizer é, maravilhoso. O jeito que a autora escreve é realmente tocante e como vc disse a descrição de coisas que não estão ali é realmente muito gostosa.

    Beijos

  21. Amy, adorei a resenha. Já comprei esse livro, mas ele está na minha “humilde” pilhinha de livros a serem lidos… rsrsrs.
    Não sabia que se tratava de uma trilogia, e com tantos elogios que vejo em relação ao livro, acho que ele vai dar uma subidinha na pilha… rsrs.
    Bjusss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*