Beijada 4 – Destinos Cruzados – Elizabeth Chandler

Destinos Cruzados

Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788563219190
Ano: 2010
Páginas: 262
Tradutor: Marsely De Marco Martins Dantas

Logo no início coisas muito terríveis acontecem com Ella (a gatinha de estimação de Ivy). O assassino de Tristan começa perseguir Ivy, que só assim volta a acreditar em anjos e passa a colaborar com ele para que possa salvar sua vida e ao mesmo tempo proteger também seu irmão. Em meio à vários acontecimentos ruins, Tristan se depara com um problema: se salvar Ivy isso significa que sua missão na terra está terminado?

Introdução/Premissa

Após o acidente de  Tristan, o romance curto com Gregory e o momento em que quase Ivy perdeu a vida. Em beijada por um anjo 3 as coisas tendem ao suspense e muitos momentos engraçados e divertidos. Algumas das pendências dos livros anteriores foram dadas respostas muito interessantes para a trama.

Narrativa

O diálogo entre Ivy e Tristan se estabeleceu de forma mágica, no livro anterior, Tristan, tenta tenta tenta e no terceiro a sensação é que foi tão rápido e que nenhum tempo foi passado. A normalidade com que Ivy volta a crer em anjos me incomodou. O contato fez parte disso, mas lidar com isso como se fosse a coisa mais normal do mundo não é bacana. Lacey rouba a cena por diversos momentos e fica óbvio o envolvimento dela com Tristan. Will no segundo livro apareceria pouco mas nesse também partilha de vários momentos interessantes, inclusive o clímax que permeia a trama. Ivy, finge mal e Gregory é bem esperto.

Momento Macchiato

 “Então, tudo ficou em silêncio. Ivy não saiu do lugar, cheia de perguntas. O ar ao seu redor começou a brilhar como ouro. Sentiu mãos a tocarem, mãos delicadas tocando seu rosto, erguendo sua face. Ele a beijou. Seus lábios tocaram os dela, na verdade, tocaram seus lábios com um beijo longo, repleto de uma ternura quase que impossível de suportar. – Ivy – ela não conseguia ouvi-lo, mas percebeu seu nome sendo sussurrado à sua frente. – Ivy – e então ele se foi” – pág 130

Considerações Finais

A dúvida que me incomoda é: pra onde vai? Depois do clímax e desfecho senti que faltou algo mais interessante para que pudéssemos nos apegar no próximo livro. Eu não sei o que esperar do próximo. Mas me desapontei com o desenvolvimento deste em específico.