O Despertar

Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9789896570132
Ano: 2009
Páginas: 240
Tradutor: Ryta Vinagre

Em Fell Church, uma cidade pacata em West Virginia, a garota mais popular da escola Robert E. Lee apaixona-se por um vampiro com quatrocentos anos. Com a ajuda das amigas, Meredith e Bonnie, Elena fará tudo para seduzir Stefan. E Stefan fará tudo para proteger Elena… dele mesmo. O adolescente de olhos verdes, rosto clássico escondem um passado sombrio e uma sede que não consegue controlar. Com ele, arrasta a memória de um amor perdido e um irmão que apenas deseja vingança. Em Florença, no Renascimento, Stefan e Damon Salvatore lutaram pelo amor da mesma mulher. Séculos mais tarde, voltarão a fazê-lo. Diários do Vampiro – O Despertar é a introdução a um triângulo amoroso arrepiante: a história de dois irmãos vampiros que se odeiam e de uma garota que se vê dividida entre os dois.

proibido

Introdução

Como eu planejava. Nessas férias, tive a oportunidade de fazer uma maratona Diários do Vampiro. Os livros estavam encostados e somente agora tive oportunidade de lê-los de vez.

Narrativa

Como eu já esperava, o livro pouco me surpreendeu. Ele é muito próximo da primeira temporada da série, salvo que a narrativa é um pouco fraca. A série sanou alguns problemas e complicou os outros. Primeira explicação para o que disse agora. Elena no livro é muito mais mesquinha e fresca. Na série ela é um misto de antipatia e sonseira. Damon é muito mais interessante na série, Stefan é um amor no livro. Não tem como não gostar dele. Entendo que Elena passa uma transição durante O Despertar, porém, não é um livro que agrada qualquer ser humano. [
L.J. tem uma narrativa simples, clara e objetiva. Ela vai direto ao ponto. Diferentemente de outros contos vampirescos dos quais não citarei o nome. Começa com C. Eu gosto de leituras rápidas e objetivas. Porém, o livro não tem uma boa desenvoltura na narrativa. É claro que L.J. deixa o melhor para o próximo livro da série. Porém, poucos leitores se aventuram num próximo livro quando não gostam do primeiro. Mas eu, como uma leitora boazinha, continuei a ler a série e as lacunas vão sendo preenchidas ao longo dos outros livros (thanks, God).

Momento Macchiato

“Ela tentou dizer a si mesma que isso era ridículo, mas de algum modo ela entendeu. Era o maior corvo que vira na vida, roliço e lustroso, com um arco-iris cintilando nas penas do dorso. Ela podia ver cada detalhe dele com clareza: as garras escuras e ávidas, o bico afiado, um olho preto reluzindo.” – pág 11

Considerações Finais

L.J. foi criativa, teve um bom tema nas mãos e o usou da melhor forma. A série é um sucesso e vários outros leitores tiveram a oportunidade de conhecer seu livro. Pra mim, a melhor série da autora ainda continua sendo Círculo Secreto, embora não tenha feito grande sucesso como série. Os livros tem um que a mais. Pretendo resenhar em breve por aqui também.

comentários

  1. Eu nem consegui terminar o primeiro, e os outros foram escondidos na estante, justamente por não gostar!
    Achei muito diferente da série e a série bem mais interessante. Essa é uma daquelas tristes vezes em que o livro não se sai tão bem assim, comparado à adaptações.
    Mas um dia quem sabe, pretendo ler sim, todos os livros, simplesmente para ter mais do que falar mal! rs
    Beijos
    Camila Leite

    @sonhospontinhos
    http://sonhosentrepontinhos.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*