Luxúria

 

Edição: 1
Editora: Lua de Papel
ISBN: 858178027x
Ano: 2012
Páginas: 256
Tradutor: Inês Pimentel

Quando achava que era hora de parar… Ela então pediu por mais… Quando Dylan Ivory, escritora de romances eróticos, recebe o contato de Alec Walker, nem imagina o quanto esse homem pode mexer com seus pensamentos. Conhecido por ser um famoso dominador em relações sadistas e sadomasoquistas, Alec tenta convencer Dylan de que a melhor forma de se aprofundar no assunto – e então escrever um livro o mais próximo possível da realidade – é viver uma experiência como submissa e sentir na pele a sensação desse tipo de relação. Para Dylan, essa proposta será difícil de ser aceita – uma vez que ela é fanática por ter o controle de tudo em sua vida. Embalados por um misto de prazer e apreensão, o casal se vê em uma situação tentadora enquanto evitam entregarem-se ao sentimento que nasce entre eles.

proibido

Introdução

Os livros do gênero que tem deixado as meninas suspirando cada vez mais se intensifica. Nessa história escrita por Belle, as coisas pegam literalmente fogo. O livro é o primeiro de uma trilogia do mesmo nome do primeiro livro. Ou seja, tem continuação.

Narrativa

A narrativa de Eve é simples, sem muitos exageros linguísticos o que faz que a leitura seja breve e intensa. A trama servida de bons momentos e cenas empolgantes. Alec é um ótimo personagem do qual muitos irão gostar, pois seu jeito dominador e arrebatador com Dylan faz com que o leitor passeie por grandes momentos. O único fator que o livro deixa a desejar é o fato da personagem Dylan ser totalmente omissa e passiva aos encantos de Alec. Esperava uma atitude maior da mesma durante a trama, por fim se tornou apática e sem sal, ela se entrega muito fácil aos caprichos do rapaz. Ela como uma grande escritora de livros eróticos, pouco pode explorar seus conhecimentos durante a mesma. O sadomasoquismo incutido na trama é de modo brando, nada que cause repulsa naqueles que não são adeptos ao mesmo.

Momento Macchiato

“Mas ele não estava pensando em nada, exceto em Dylan Ivory desde o momento em que a conheceu. Não tinha motivos para pensar que isso iria mudar tão cedo. Droga!” – pág 126

Considerações Finais

Não recomendo a leitura para menores de idade, pois o conteúdo é bastante explícito. Não sendo adequado para uma faixa etária menor. Ou seja, garotinhas, desse fique longe. Acho que o livro atrai uma faixa etária extensa apesar do conteúdo. Fico curiosa com continuações, assim que o segundo livro for lançado no brasil, provavelmente estarei comprando. A facilidade em que o leitor se adequa a trama faz com que tudo seja encantador e gostoso. Um livro para se ler descompromissadamente em um dia de lazer.

comentários

  1. Entendo perfeitamente. Esses livros sugam a nossa atenção e a gente acaba comprando quando as continuações chegam nas livrarias (foi assim pra mim com Cinquenta Tons Mais Escuros, mal terminei de ler e já saí comprando).
    Tenho vontade de ler esse porque já vi muita gente falando bem, inclusive você.
    Beijos.

  2. meu bem…..tu já me convenceu de comprar o livro antes de ler a resenha rsrrs né…então agora depois que li….se o negocio pega fogo é comigo mesmo…adoroooooooooooo fogo kkkkkkkkkkkkkkkk….a capa é linda….e o quote que você escolheu muito bom….amanhã vou comprar ele (já te falei)….então mais um pra minha estante indicação sua, é certo que vou gostar.

    bjisss

    Jaira

    Livros e Versos

  3. Apesar de todo esse boom dos romances eróticos, ainda não tive a oportunidade de ler nenhum. Mas o que não entendo é que a maioria dessas histórias são desenvolvidas com cenas de sadomasoquismo, como se um romance para ser quente, tem que ser através dessa “vertente” sado.

    @_Dom_Dom

  4. Estou lendo 50 Tons, mais por pura curiosidade. Agora Luxuria eu quero ler sim, pq necessito, tudo culpa da capa, mais enfim kkk’
    Adorei sua resenha que só vez aumentar mais e mais minha vontade de ler 🙂
    Beijos
    Brubs
    Livros de Cabeceira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*