A probabilidade estatística do amor à primeira vista – Jennifer E. Smith

apropabilidade_

Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501095442
Ano: 2013
Páginas: 223
Tradutor: Camila Mello

Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

proibido

 

Introdução

Hadley está indo a Londres para o casamento do pai com a madrasta a qual não vê a muito tempo. Perde o voo e acaba indo com Oliver ao seu lado que torna o seu medo de viajar de avião mais tranquilo. Depois de várias conversas a atração mútua tem seu efeito. Mas o que trás duvida ao leitor é se aquela conversa e atração durará após o avião pousar em Londres.

Narrativa

A narrativa de Jennifer Smith é bastante objetiva e ao mesmo tempo a criatividade da personagem faz com que o leitor de apaixone de imediato. A narrativa é em terceira pessoa só que a narração é muito próxima da série Pushing Daises principalmente no início do livro. É descritiva, doce e sutil. O livro como um todo é bastante suave. Tenho carinho por tramas que tenham com ambiente aviões e aeroportos. Pois são histórias lindas que acontecem quando é bem improvável. Transportes públicos tem muitas histórias a serem exploradas e gosto quando elas são trabalhadas de forma diferente. A probabilidade é baixa, mas acontece e quando menos se espera. Um livro de leitura fácil e arrebatadora. Pois é nas simples tramas que encontramos grandes momentos. A autora não cria muitos personagens e faz com que eles se aprofundem da forma mais natural possível.

Quote Favorito

 “E apesar de todos os noivos estarem felizes em seus casamentos, há alguma coisa em particular neste noivo que deixa Hadley quase sem ar. Ela fica sem saber o que fazer com tanta alegria no olhar dele, com seu sorriso profundo. Ela congela, fica dilacerada. Parece que estão torcendo seu coração como se fosse uma toalha molhada. Sua vontade é de ir embora para casa.” – 118

Considerações Finais

O final não poderia ser diferente. A autora simplesmente dá o desfecho que todo leitor quer quando torçe pelos personagens. Hadley e Oliver tem muito em comum e embora tenham se conhecido em um voo, a trama não poderia parar por ali. A diagramação ficou impecável e totalmente de acordo com o teor do livro.