Edição: 1

Editora: Intrínseca

ISBN: 9788580574210

Ano: 2013

Páginas: 496

Tradutor: Alexandre Raposo, Edmundo Barreiros

A tripulação do Argo II enfrenta dias difíceis. Inimigos espreitam no caminho para a Casa de Hades e o moral da equipe está baixo após a perda de dois integrantes importantes em Roma. Para chegar às Portas da Morte e tentar impedir o despertar de Gaia, nossos heróis Hazel, Jason, Piper, Frank e Leo vão precisar fazer alianças perigosas, encarar deuses instáveis e combater os asseclas enviados pela sanguinária Mãe Terra para detê-los.

A situação é ainda pior para Percy e Annabeth. Após caírem no Tártaro, os dois passam fome, sede e sofre com diversos ferimentos enquanto são caçados por vários inimigos que derrotaram ao longo dos anos e que agora surgem das sombras em busca de vingança. A única esperança da dupla de voltar para o plano mortal reside em encontrar as Portas da Morte e fechá-las de uma vez por todas. No entanto, uma legião de monstros fiéis a Gaia defende as Portas, e nem Percy nem Annabeth estão em condições de enfrentá-la.

proibido

Introdução

O penúltimo livro da série Heróis do Olimpo, Casa de Hades, como o próprio nome diz, os nossos queridos semideuses estão em uma jornada para encontrar a Casa de Hades. Porém, dessa vez eles não estão todos juntos. É um caminho cheio de perigos e grandes obstáculos. Gaia logo despertará o seu ódio pelos olimpianos, ou seja, o tempo cada vez é mais curto.  Os cinco integrantes do Argo II terão a ajuda de Nico (que não está na profecia), para reencontrar Annabeth e Percy. A guerra entre os romanos e os gregos pode acontecer a qualquer momento. Annabeth e Percy estão mais do que encrencados. Tentam se manter vivos e chegar até as portas da morte.

Narrativa

A forma como o livro é narrado é a mesma de sempre, ou seja, o livro é narrado em primeira pessoa, por todos os 7 semideuses da profecia, intercalando através dos capítulos. A visão de todos eles é bem explorada e é uma forma na qual o livro nunca perde o ritmo. Pois todos os personagens tem seu carisma para que a trama flua muito bem. Agora a narrativa se divide em 2 mundos, o mundo “mortal” e Tártaro. Nico foi o grande destaque desse livro, apesar de adorar a Piper e o Leo, ele ganhou um destaque ainda maior. Ele carrega um peso maior por esconder sua sexualidade dos outros tripulantes.

É o livro mais perigoso da série, todos estão numa situação limítrofe, é claro que isso contribui muito para a curiosidade do que está prestes a acontecer. É inevitável torcer para o sucesso de todos. O que mais impressiona na série é o fato de ter vários gêneros e temáticas incutidos sem haver confusão ou desinteresse. A cada capítulo somos levados a uma mensagem importante. Há momentos muito divertidos e descontraídos que se mesclam com toda situação embaraçosa e perigosa pelo qual os jovens semideuses irão passar.

Considerações Finais

Falar dos livros do Riordan é praticamente um desafio. O autor se supera a cada novo lançamento, trazendo novas questões e matando o seus leitores de curiosidade para o próximo. É uma pena que essa série logo chegará ao fim, na minha opinião superou a primeira série. Personagens, reviravoltas e muita ação. Não tem como não se entregar a escrita do autor. Ela flui de tal forma, que é impossível não gostar, ou se irritar com alguma decisão tomada pelo autor no destino dos personagens. Em nenhum dos livros tive o sentimento de que Rick falhou em alguma escolha. É por isso que o torna tão querido e especial.

A Cada de Hades é um livro que contém diversos momentos de suspense, romance, humor e muito drama. Senti muito mais apelo sentimental no livro do que nos anteriores. É impossível não se emocionar e torcer pelo melhor.