Cuidado com o que você deseja! Para fãs de Once Upon a Time e Grimm, a série Encantadas prova que contos de fadas são para adultos! Você se lembra da história da Cinderela, com sua linda fada madrinha, suas irmãs feias e um príncipe encantado? Então esqueça essa história, pois nesta releitura de Sarah Pinborough ninguém é o que parece. Em um reino próximo, a realeza anuncia um baile que encontrará uma noiva para o príncipe e parece que o desejo de Cinderela irá ganhar aliados peculiares para ser realizado. Contudo, não será fácil: ela não é a aposta de sua família para esse casamento real, e sua fada madrinha precisa de um favorzinho em troca de transformar essa pobre coitada em uma diva real. Enquanto isso, parece que Lilith não está muito contente com os últimos acontecimentos e, ao mesmo tempo em que seu reino parece sucumbir ao frio, ela resolve usar sua magia para satisfazer suas vontades. Feitiço é o segundo volume da trilogia iniciada com Veneno, um best-seller inglês clássico e moderno ao mesmo tempo em que recria as personagens mais famosas dos irmãos Grimm com personalidade forte, uma queda por aventuras e, eventualmente, uma sina por encrencas. Princesas, rainhas, reis, caçadores e criaturas da floresta: não acredite na inocência de nenhum deles! Palavra da editora: Nada é o que parece no segundo volume da saga encantadas! Em Feitiço, Cinderela, com seu desejo desmensurado de fazer parte da realeza, fará qualquer coisa para obter atenção do príncipe. Mas seria mesmo este um final feliz? – Mariana Rolier

proibido

Introdução

Feitiço é embora tenha Cinderela como personagem principal, é bem diferente das dos contos de fadas como conhecemos. A personalidade de Cinderela é totalmente diferente, nada doce, meio masculinizada. Ela também é escravizada pela madrasta e suas irmãs e o baile do castelo é anunciado. Cinderela sonha com o dia e com a possibilidade de conhecer o príncipe. Só que seus interesses são bem diferentes do que encontramos na história original.

Narrativa

A narrativa de Sarah continua bem provacativa e um pouco até satirizada eu diria. Sarah mais uma vez ressalta uma crítica aos finais felizes. Sarah propõe quase sempre o oposto do original. Isso de certa forma incomoda e ao mesmo tempo impressiona o leitor. Pois a trama fica muito mais pautada no real, do que no imaginário. É como se ela finalmente transformasse os personagens em pessoas.

Há uma ligação entre Feitiço e Veneno (1º livro), personagens voltam nesse segundo livro e são de suma importância. Ou seja, não é uma ligação ocasional. Buttons por exemplo, que rouba dos ricos para dar aos pobres e que tem o seu encanto durante a trama.

Diagramação

A diagramação da Única mais uma vez está caprichada e muito bem feita. Há detalhes nos capítulos e na capa que agradam e demonstram o quanto são cuidadosos com suas publicações.

Tags

#contosdefadas #cinderela #critica #poder #egoísmo #releitura #contrário #dualismo #hot

Considerações Finais

O livro supera o primeiro volume e deixa o leitor muito curioso para saber sobre o próximo volume. Que já está a venda, se chama Poder. Resumindo: mal posso esperar! O que fica em questão é como a autora irá linkar mais uma princesa nessa trama envolvente.