Se não fosse o blackout, Tawny jamais teria revelado para Simon as fantasias mais pecaminosas que passavam pela sua cabeça (e pelo corpo) dela, nas quais ele era o principal personagem. Além de ser o melhor amigo de Elliott, seu noivo, ela achava que Simon a desprezava. Também se não fosse pelo blackout, Simon nunca teria a chance de passar a noite com a mulher que despertara seu desejo mais profundo desde que a conhecera. Antes, porém, ele precisa contar para ela algumas indiscrições do homem com quem está comprometida… As revelações não abalam Tawny tanto assim, e Simon está mais do que preparado para curar qualquer mal com um beijo… Afinal, ambos não teriam cedido à tentação de tornar suas fantasias realidade se não fosse aquele apagão. Mas será que o encanto vai durar após o amanhecer e a chegada de Elliott?

Introdução

É o segundo livro que eu leio da série A Flor da Pele da editora Harlequin, confesso que esse selo é um dos melhores da editora. Pois não se atém totalmente aos romances, são mais bem elaborados e construídos e provam que romances de banca, tem sim, muita qualidade.

Em Blackout, Tawny é noiva de Elliot, porém, ela descobre algo revelador por Simon, amigo de Elliot em um momento mais do que inusitado. Ocorre um apagão na cidade e ambos ficam sozinhos em seu apartamento. Uma trama que contém o conteúdo hot e bem humorado. O que poderia ser o pior dia na vida de Tawny, se transforma o dia que irá mudar sua vida para sempre (de um jeito bem positivo).

Narrativa

A narrativa de Jennifer tem muitos pontos altos e divertidíssimos, as situações embaraçosas tem um toque de humor e sarcasmo fora do comum. Tawny é uma mulher que cresceu em uma cidade de interior e vai para Nova Iorque com o intuíto de seguir um sonho (soa clichê, eu sei). Ela está prestes a se casar com um partidão (cara influente, bonito e rico), embora tenha uma certa atração pelo melhor amigo do noivo. Simon é um fotógrafo muito respeitado, ama o que faz, mas no quesito relacionamento, não é um dos melhores, sente muita dificuldade em revelar seus sentimentos, por um grande motivo: ele é apaixonado por Tawny (noiva do melhor amigo). O livro é curto e apenas revela esse apagão e o que acontece durante ele. Situações inusitadas e outras um pouco mais “progamadas” acontecem durante ele. Não deixa de ser divertido.

Diagramação

A capa do livro foi um dos pontos altos, geralmente esses livros tem um padrão, mas nessa série em si, eu gosto muito de como a editora produz as capas. Sempre atiçam a curiosidade.

Considerações Finais

Blackout é um livro divertido, bastante previsível em seu desfecho, mas que não perde a graça pela graciosidade dos personagens e criatividade dos mesmos em muitas das situações. Mesmo que seja uma trama curta, é impossível não se afeiçoar a Simon e Tawny, é impossível não ver a química existente entre eles.