Edição: 1
Editora: Novas Páginas
ISBN: 9788581634111
Ano: 2014
Páginas: 304

Se pudesse, Lucius aterrissaria em 1964 para ajudar Anabelle a realizar o grande sonho do seu falecido pai! De quebra, ajudaria a moça a enfrentar alguns problemas muito difíceis, entre eles resistir à violência do seu tio Lino. Claro que conhecer de perto os lindos olhos verdes que ele viu no retrato não seria nenhum sacrifício… Sem conseguir explicar o que está acontecendo, Lucius inicia uma intensa troca de correspondência com a antiga moradora da casa para onde se mudou. Uma relação que começa com desconfiança, passa pelo carinho e evolui para uma irresistível paixão – e para um pedido de socorro…

proibido

Introdução

A trama em Belleville se dá início quando Lucius, se muda para uma antiga casa e encontra uma carta enterrada no terreno. Ao ler, Lucius tem o desejo de voltar no tempo e ajudar Anabelle realizar um sonho do seu falecido pai. Uma montanha russa caseira. Nem perto de imaginar o que iria acontercer, ele escreve uma carta e misteriosamente se depera com a respota de Annebelle. Lucius e Anabelle começaram a trocar cartas e a espera pelas respostas se intensicam ainda mais. Será que Lucius será capaz de realizar esse desejo antigo? É dai que temos a linda história escrita por Felipe Colbert.

Narrativa

Em Belleville a narrativa tem o passado e o presente como grande problemática. Dois personagens que se correspondem através do tempo. Será possível desenvolver um romance que quebraria essa barreira? Essa resposta, eu me seguro bastante a entregar. Mas que ao longo da trama, isso passa batido. Porque? Lucius e Anabelle desenvolvem um laço de amizade e companheirismo fora do comum. Será que para estar junto precisa estar perto? Ou no mesmo mundo? Fica a dúvida. Mais uma pergunta, será que Lucius conseguirá construir essa montanha-russa? Será que Belleville  ficará pronta? Acho que essas perguntas mais ajudam a atiçar a curiosidade do que contam o que acontece na trama. Eu não seria doida o suficiente para deixar tudo claro e lotar vocês de spoilers. A trama é sim, fantástica e visceral. Não conhecia o trabalho do autor, mas sei que publicou outras obras em outros gêneros. Após a leitura desse livro em específico, com certeza irei atrás dos outros.

Diagramação

Uma capa tão apaixonante quanto o livro em si, extremamente sensível e mostra duas partes fundamentes que fazem a trama ganhar corpo. A montanha russa e Anabelle.

Considerações Finais

Extremamente sensível e apaixonante, a trama de Belleville pegou de jeito. Com um misto de A Casa do Lago e personagens muito bem elaborados, é uma receita e tanto para execução de uma obra inesquecível. Me senti profundamente tocada pela sensibilidade desses personagens, e sem sombra de dúvida, Belleville é um dos melhores livros publicados pela Novo Conceito, não só dos autores nacionais, mas dos autores que já tem uma grande gama de público pelo mundo todo.

comentários

  1. Esse é um dos lançamentos que eu mais estou curiosa para ler. Legal quando o autor consegue quebrar barreiras não é?
    A capa realmente é linda, Novo Conceito manda sempre muito bem.

    Quanto tempo não passo por aqui hein, saudades Amy.
    Beijos

    Camila Leite
    @sonhospontinhos
    http://sonhosentrepontinhos.com

  2. Parece ser um livro bem bonito. Fui conquistada pela capa e tenho muita curiosidade e vontade de conhecer a narrativa do Felipe Colbert.
    Beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*