Leah – Fora de Sintonia – Becky Albertalli

Leah Fora de Sintonia

ISBN-13: 9788551003817
ISBN-10: 855100381X
Ano: 2018 / Páginas: 320
Idioma: português 
Editora: Intrínseca


Introdução

Em Leah – Fora de Sintonia, Leah Burke é uma jovem que está no último ano do colégio e uma série de mudanças estão para acontecer. Período decisivo para qual faculdade será aceita? Ela é fera em tocar bateria e desenha muito bem, porém não tem coragem o suficiente para mostrar esses talentos. Além disso, Leah é bisexual, ainda não falou sobre isso com seus amigos, até mesmo com seu melhor amigo, Simon. Sim, quem leu Simon versus agenda homo sapiens (Com amor, Simon), esse livro é uma espécie de continuação. Prestes ao baile de formatura acontecer, Leah não está nenhum pouco empolgada a ir.

Sobre Becky Albertalli

Foto -Becky Albertalli

Becky Albertalli é psicóloga, o que lhe proporcionou o privilégio de trabalhar com muitos adolescentes inteligentes, estranhos e irresistíveis, e por sete anos foi orientadora de um grupo de apoio em Washington para crianças com não conformidade de gênero. Mora em Atlanta com o marido e os dois filhos. Simon vs. a agenda Homo Sapiens é seu primeiro livro.

Narrativa

A narrativa de Becky amadureceu um pouco. Os personagens também. Leah não é uma jovem empoderada, pelo contrário, não se acha e nem acredita no potencial que tem. As questões que envolvem o universo jovem que está saindo do ensino médio e entrando na faculdade é quase universal. A descoberta de um mundo novo, é algo que sempre gostei de ler. Principalmente em livros onde a amizade entre os personagens fala mais forte. Os livros de Becky, no geral abordam bastante esse tipo de relacionamento. Leah é uma caixinha de surpresas, quando todos a veem como uma pessoa bem resolvida e até durona, mal sabem que usa essa “aparência” por autopreservação. O tom fofo e carismático da trama, me agradou bastante. A relação da protagonista com a mãe, também foi bem interessante de acompanhar. Simon? bom, Simon é o Simon. Um doce, um cara muito gente boa e que me encantou em poucas páginas no livro anterior. Ambos os livros passeiam sobre questões como a sexualidade, aceitação, preconceito, bullying e gênero. Mas, lembrando, sem ser didático e isso não acontece à toa. Tudo é bem trabalhado para uma narrativa fluída, mesmo que seja sucinta.

Projeto Gráfico

O projeto gráfico é harmonioso com os outros livros publicados pela Intrínseca. A diagramação é agradável e o tamanho da fonte é ideal. A leitura não foi prejudicada.

Considerações Finais

Leah – Fora de Sintonia, foi uma leitura agradável. Esperava algo totalmente diferente e acabei por me surpreender. Becky escreve muito bem e deixa o leitor bem curioso para os acontecimentos. Um livro pé no chão, com requinte de realidade. Nada é perfeito, tudo pode ser bem diferente do planejado e o mais importante, voltar a personagens que me apeguei em outro livro. Um novo caminho a ser percorrido. Se recomendo a leitura? Claro que sim.

você também pode gostar

deixe seu comentário