Sete Pinturas – Landulfo Almeida

Sete Pinturas – Landulfo Almeida

Introdução

Esta é uma resenha que demorei bastante tempo em soltá-la por vários motivos. Um deles é que eu queria fazer jus a trama e o que ela me proporcionou como leitora. Sete Pinturas, é meu segundo contato com a escrita de Landulfo e posso adiantar que me encantei muito mais do que da primeira vez. É possível ver o amadurecimento do escritor e o desenvolvimento dos personagens durante a trama de um jeito único e muito bem arranjado.

Sete Pinturas, começa com o garoto Pedro que infelizmente perde seus pais em plena Selva Amazônica ao serem literalmente devorados por um grupo de onças. Ao fugir desse ataque, Pedro cai numa caverna, onde é encontrado e salvo por um índio. Na caverna, possui várias pinturas que fazem parte de uma lenda. Nos dias atuais, apenas dois milionários Raphael e Marcos , tem conhecimento dessa lenda e tem duas interpretações completamente diferentes da mesma. Episódios estranhos estão ocorrendo e ninguém sabe os motivos pelos quais aconteceram. Personagens serão somados a trama que envolverá seus dias com a melhor das intenções: te entreter e te deixar curioso para saber os mistérios que envolvem a mesma.

Narrativa

O livro é narrato em terceira pessoa, confesso que gosto mais de livros que optam por essa linguagem no gênero. O mistério fica mais encorpado com a descrição que o autor proporciona ao leitor. Uma característica de Landulfo na sua escrita é os detalhes que ele coloca em suas tramas, para alguns a leitura pode demorar a engrenar, porém, os enigmas da trama vão se desenvolvendo de modo gradual e passam uma veracidade muito intrigante. Os personagens estão longe de serem rasos, cada um tem uma miscelânea de características que tornam a leitura ainda mais cativante. Nem tudo é o que parece. Existem boas intenções? Quem está certo? Existe certo e errado? Tudo é explorado na narrativa de forma contundente. O entrelaçamento dos personagens é digno de se comentar. Tudo acontece de forma progressiva, nada é jogado na trama.

Projeto Gráfico

O livro foi publicado em formato digital, mas a leitura foi bastante fluida. Em poucos dias consegui ler sem problemas.

Considerações Finais

Se ainda não leu nenhum dos livros do Landulfo, recomendo que o faça. Pois tem uma pitada de tudo, escrita de fácil entendimento e envolvimento. Os personagens e acontecimentos promovem um jogo de pistas muito bem engendradas. Criativo, crível e ambientado em terras brasileiras. Ainda é possível explorar nosso país com tanta cultura e diferenças regionais.

você também pode gostar

deixe seu comentário