Uma Chama Entre As Cinzas

 

ISBN-13: 9788576863502
ISBN-10: 8576863502
Ano: 2015 / Páginas: 432
Idioma: português
Editora: Verus

Introdução

A Verus me enviou esse livro de surpresa, não estava aguardando. Por pura curiosidade, comecei a ler… e quando vi, já estava entregue a premissa e aos acontecimentos. Deixei essa postagem bem no finalzinho do ano propositalmente, adoro terminar o ano contando experiências boas, pois acredito que isso pode ajudar durante o ano todo e nas futuras escolhas de livros para ler e resenhar pra vocês.

Em Uma chama entre as cinzas, Laia morava com seu irmão e avós. Seu povo foi dominado pelos Marciais. Grupo liderado por um Imperador que condenou o seu povo a miséria e a escravidão. Seu irmão é preso e acusado de traição e infelizmente seus avós são mortos. Laia fica sozinha e foge para que o mesmo não aconteça com ela. Ela entra em contato com um grupo rebelde, pois poderiam ajudá-la nesse momento tão complicado na vida dela. E claro, nada vem de graça, ela terá uma missão particular para ser ajudada. Ela se torna espiã e terá de saber tudo o que acontece na academia militar Blackcliff. Ela acaba conhecendo Elias , um soltado que está em treinamento. Mundos completamente opostos se chocam promovendo uma série de acontecimentos intrigantes e perigosos.

Sobre Sabaa TahirFoto -Sabaa Tahir

Foi criada no deserto de Mojave, na Califórnia, no motel que sua família mantinha na região. Ali, ela passava o tempo devorando livros de fantasia, assaltando a pilha de histórias em quadrinhos de seu irmão. Ela começou a escrever Uma chama entre as cinzas quando virava a noite trabalhando como editora de jornal. Ela gosta de indie rock, meias extravagantes e tudo o que é nerd. Vive atualmente na Bay area de San Francisco com a família.

Edições estrangeiras

23555215 23286931 25610803 27323790 26759086 27684407

Narrativa

A narrativa de Tahir é viciante, em poucas páginas você se entrega narrativa e não quer sair mais. É tudo tão bem descrito, que o livro é praticamente roteirizado, temos detalhes de todo o universo dessa trama, o que torna uma experiência intensa e muito divertida de se ler. Não é uma história feliz, nem de longe. Mas prova o quanto o amor é poderoso e pode fazer o ser humano agir pelo outro. Laia faz o que pode para resgatar seu irmão e vai além de seu limite. O fato do livro ser escrito em primeira pessoa foi bem acertado, ainda mais a mescla entre o que acontece com Laia e com o soldado Elias. Ambos os personagens são adoráveis, apesar de Laia ser o destaque e ganhar todo o amor do leitor. Elias é um bom homem, mesmo sendo o que ele é e filho de quem é. Ele é justo e se incomoda como o Império maltrata os eruditos, de alguma forma, você se afeiçoa a ele também. Personagens fortes e carismáticos, são bem desenhados durante a trama.

Capa e diagramação

Confesso que se fosse pela capa, jamais leria esse livro. Me remeteu muito a uma novela que fez muito sucesso recentemente. Mas, a diagramação interna é mega confortável e a leitura tem um dom de deixar o leitor praticamente vidrado em seus acontecimentos.

Considerações finais

Sabe aquele tipo de livro que você nem imaginava o quanto iria se envolver, mesmo não sendo algo que você tem o costume de ler? Uma chama entre as cinzas, é esse tipo de livro. Me surpreendeu e foi um presente esse mês. O livro tem de tudo para cativar o coração dos leitores, todos os aspectos da estrutura são positivos e funcionam bem. Não achei defeitos durante a narrativa, algo que não vejo há algum tempo. Excelente!