The Walking Dead HQ (português) - Dias Passados 4/6 - 1

Introdução

No capítulo 4,  presenciamos uma longa conversa entre Shane e Rick enquanto o Shane está de vigia.

Sobre Robert Kirkman

Roteirista de historias em quadrinhos americano, conhecido por seus trabalhos para os quadrinhos,The Walking Dead e Invencível, ambos para a Skybound e a Image Comics, da qual ele é um dois 5 sócios sendo o único não cofundador da equipe. Robert é produtor executivo do seriado homônimo exibido pela AMC (The Walking Dead). Aqui no brasil exibido pela Fox.

Sobre Michael Anthony “Tony” Moore

E um quadrinista norte-americano, cocriador da série de quadrinhos The Walking Dead. Moore foi indicado duas vezes para Eisner Awards(em 2004 e 2005) e também ganhou o Troféu HQ Mix em 2007 na categoria “Publicação de Terror” pela edição brasileira de The Walking Dead.

Sobre Cliff Rathburn

Colorinista foi trabalhar cedo para DC comics, por causa do seu grande trabalho com Robert em The Walking Dead para Image Comics e também já trabalhou para Marvel.

Enredo

O enredo ganha ritmo quando Rick tenta convencer Shane de que aquele lugar não é seguro e nem tampouco protegido. Rick e Glenn vão até Atlanta em busca de mais munição e armamento, mas, quase acabam mortos. Isso é o máximo de informação que se pode dizer sem comprometer a leitura. Nesse capítulo, o enredo é bastante interessante, pois o desenvolvimento dos personagens ganha força. A diferença entre a série e os quadrinhos é mais explícita justamente nesse ponto. São ritmos complemente diferentes. Rick mais uma vez finca a sua característica principal, protetor. A discórdia entre ele e Shane só aumenta.

Comentário Final

Um capítulo muito fundamentado nas relações entre os sobreviventes. A quantidade de zumbis aumenta, porém, o foco principal está nos sobreviventes do acampamento. As imagens, mais uma vez, surpreendem pela emoção dos personagens. Sendo assim, exaltam o drama a cada quadro. A cada capítulo, a trama fica ainda mais impossível de largar. A curiosidade move o leitor a ansiar pelo próximo.