Uma Irmã – Bastien Vives

Uma Irmã

ISBN-13: 9788582864401
ISBN-10: 858286440X
Ano: 2018 / Páginas: 216
Idioma: português 
Editora: Nemo


Introdução

Quem acompanha o blog sabe o quanto eu gosto de HQ’s e Graphic Novel’s e se tem uma editora que publica obras maravilhosas no mercado, é a Nemo. Fui com altas expectativas para ler Uma Irmã. E me surpreendi bastante com seu conteúdo.

Em Uma Irmã, Antoine, é um garotinho de 13 anos e tem um irmão mais novo chamado Titi. Ambos estão de férias e irão passar o verão na casa de praia da família com os pais. Tudo estava como o planejado. Mas tudo isso muda quando ele Hélène, uma garota de 16 anos. A trama aborda as descobertas sob o ponto de vista de Antoine. Ele vai vivenciar experiências que vão de bebida à descoberta da sexualidade. Uma trama em que isso é muito explorado e pode incomodar alguns leitores. Mas o fato é que, os jovens estão amadurecendo mais cedo. Estão lidando com questões ainda mais complexas do que vivíamos em nossa adolescência (meu caso).

Sobre Bastien Vives

Bastien Vivès

Nasceu em 11 de fevereiro de 1984 e ficou conhecido pelas graphic novels O gosto do cloro e, posteriormente, por Amitié étroite (Amizade). Graduou-se em Animação pela Gobelins após estudar três anos de Design Gráfico. Iniciou sua carreira em uma oficina de quadrinhos que ajudou a fundar em Paris. Desde então publicou diversos trabalhos, vários deles aclamados pela crítica. 
Um desenhista em plena evolução, Vivès é um dos principais nomes dos quadrinhos contemporâneos.

Narrativa

A narrativa de Bastien é algo com o qual não estava acostumada. O tom dos quadrinhos foi uma experiência nova e que me permiti vivenciar. É uma paixão sensível e um pouco até ingênua. As expectativas de Antoine e as vontades que ele vai ganhando ao se encantar pela Hélène. Uma transição de infância e adolescência.

Bastien usa um recurso bem interessante, ele não desenha os olhos dos personagens. E esse recurso é usado em grande parte da Graphic. Uma espécie de metáfora. Não me incomodou, no início causava estranheza, mas depois comecei a entender o propósito para tal.

Projeto gráfico

Adorei o projeto gráfico no geral. Atende as minhas expectativas e foi feito com muito cuidado.

Considerações Finais

Uma Irmã, é uma surpresa muito boa. Os personagens são bem reais e nada vagos. A graphic é uma espécie de memória do autor, é o que aparenta em sua narrativa. Uma trama que aborda a juventude, a solidão, as descobertas. Uma leitura bem envolvente e que marcou bastante alguns aspectos.

você também pode gostar

deixe seu comentário