Inside

Inside

Inside é um jogo single player com visão em terceira pessoa em uma lateral em 2.5D, misturando o estilo clássico de plataforma 2D com personagens e cenários em 3D, desenvolvido e publicado pela Playdead (mesma desenvolvedora do jogo Limbo), lançado em junho de 2016.

O enredo é basicamente interpretativo, não há diálogos, não a cenas cinematográficas, não há explicação de nada e seu final se resume a uma imagem estática, dando abertura para inúmeras teorias.

O protagonista se trata de um garoto pré-adolescente sem nome e sem idade definida, tudo começa com ele correndo em meio a noite e parece estar fugindo de um grupo de pessoas que parece pertencer a uma grande corporação e eles não estão de brincadeira, pois eles atiram para matar, soltam cachorros para matar e ao ser capturado em uma poça, eles simplesmente te afogam, todas as mortes são explicitas.

Inside possui um final alternativo que da abertura a teoria de que o menino não esteja fugindo e sim está indo a algum lugar e estão o impedindo de chegar.

Depois de um certo avanço no jogo encontramos a organização recolhendo algumas pessoas e todas elas aparentam ter se tornado vegetais ou zumbis, existe uma tecnologia, um capacete que o protagonista põe na cabeça o dando a liberdade de controlar essas pessoas vegetais.

A criança precisa chegar até um local sozinha, vai passar por situações terríveis e vai testemunhar inúmeras atrocidades.

Essa perseguição da abertura a inúmeras teorias do porque isso está acontecendo, talvez ele esteja fugindo de algum lugar, talvez ele viu coisas, sabe de coisas que não deveria, talvez ele esteja infectado com alguma coisa, pois algumas das pessoas que vão ao seu encalço estão usando mascaras e ai sua possível infecção não deva ter cura.

O nosso objetivo é escapar de inimigos, resolver quebra cabeças para avançar e também eliminar ou escapar de alguns inimigos.

O jogo é simples em toda a sua linha porem não deixa de ser impressionante dentro das suas limitações a final se trata de um jogo indie.

A ambientação é bem escura e sem vida, mas é variada e impressiona, pois, os momentos onde ocorre destruição nos cenários, o nível de detalhe é alto, os movimentos do protagonistas e npcs são ótimos e realistas.

Conclusão

Inside é um game com a temática um tanto macabra, mas muito interessante e para amantes de jogos com quebra cabeça é uma ótima pedida.

O jogo está disponível para XBOX ONE, PS4 E PC.

Filipe Bastos – Gamertag: DanteRJ

você também pode gostar

deixe seu comentário