A Luva de Cobre
ISBN-13: 9788501105806
ISBN-10: 8501105805
Ano: 2015 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Galera Record

Introdução

Faz um bom tempinho que li o primeiro livro da série Magisterium, esperei ansiosamente a continuação, pois havia gostado muito da dinâmica do livro. Fui com poucas expectativas para o segundo volume e no fim, me impressionei bastante com a narrativa.

No livro anterior, Callum Hunt é admitido no Magisterium, uma escola de magos. Ele tentou ao máximo não ser aceito, mas parece que era pra ser. Ele faz amigos e fez uma descoberta que mudou sua vida.

Em Luva de Cobre, o pai de Callum, Alastair Hunt, desconfia de que o filho é o Inimigo da Morte e faz o possível para que ele não retorne a escola de magia. Mas Callum, foge. Encontra Tamara e Aaron no meio do caminho e descobre que terá novos mistérios e segredos para solucionar. Callum terá que encontrar uma arma mágica antiga que foi roubada do Magisterium, a luva de cobre (Alkahest) é capaz de arrancar a magia de uma pessoa. Ele terá que tomar uma grande decisão: contar aos amigos o grande segredo do livro anterior: dentro dele vive a alma do Inimigo da Morte, ou não.

Sobre Cassandra Clare e Holly Black

Cassandra Clare nasceu em uma família americana no Teerã, Irã e passou grande parte de sua infância viajando pelo mundo com sua família, incluindo uma caminhada pelo Himalaia quando criança, que foi quando ela passou um mês vivendo na mochila de seu pai. Antes dos seus dez anos de idade ela morou na França, Inglaterra e Suíça. O fato de que sua família se mudava muito, ela encontrou familiaridade nos livros e estava sempre com um livro debaixo do braço. Atualmente, reside em uma antiga casa vitoriana em Nova Iorque com seu noivo, seus gatos, e lotes e lotes de livros. A triologia The Mortal Instruments tem sido citada em muitas listas de Best-Sellers.

Holly Black é uma escritora norte-americana que mora em West Long Beach, New Jersey. Ela ficou mundialmente famosa após escrever a série de livros As Crônicas de Spiderwick.Ela é uma grande colecionadora de livros raros de folclore. Em seus primeiros anos de vida ela morou em uma mansão abandonada em estilo vitoriano com sua mãe, que contava a ela várias estórias de fantasmas e fadas. Seu primeiro livro, Tithe: A Modern Faerie Tale, foi muito bem recebido pela crítica e foi publicado no outono de 2002.

Edições estrangeiras

13612962 25436777 25613630 26834690

Narrativa

A fusão na escrita das autoras foi tão bem feita, que confesso que não senti que uma escreveu mais do que a outra, no geral, tudo funciona muito bem. O segundo volume continua bem descritivo, mas nada que canse o leitor. As cenas são separadas de modo que a leitura não fique chata. Os personagens são bons o suficiente e sustentam a trama. A escrita é dinâmica e cheio de cenas de aventura.

Capa e diagramação

Adorei a capa do livro e adorei que mantiveram a mesma pegada do design do livro anterior. A edição está bem feita, não foram encontrados erros que comprometeram a leitura como um todo.

Considerações finais

A Luva de Cobre, o livro consegue surpreender e entreter tanto quanto no primeiro volume. Semelhanças a parte, a trama chama atenção e cria uma espécie de curiosidade incontrolável no leitor. Que venha o próximo.