Como viver eternamente

Edição: 1
Editora: Geração Editorial
ISBN: 9788561501006
Ano: 2008
Páginas: 230

Sam ama fatos. Ele é curioso sobre óvnis, filmes de terror, fantasmas, ciências e como é beijar uma garota. Como ele tem leucemia, ele quer saber fatos sobre a morte. Sam precisa de respostas das perguntas que ninguém quer responder. ”Como Viver Eternamente”, é o primeiro romance de uma extraordinária e talentosa jovem autora. Engraçado e honesto, este é um livro poderoso e comovente, que você não pode deixar de ler. A autora tem apenas 23 anos e embora seja seu primeiro livro, ele está sendo lançado em 19 países, dirigido a crianças, adolescentes e adultos.

proibido

Introdução

Em Como Viver Eternamente, teremos o relato de um garoto de 11 anos que luta para a cura da Leucemia. Através do olhar “inocente” do garoto, iremos ter questionamentos muito importantes e cruciais na vida de qualquer ser humano. Além do fato triste e doloroso, Sam é um garoto sonhador e que é fanático por recordes mundiais.

O livro foi publicado em 2008. É o livro de estreia de Sally. E espero que eu veja mais títulos da autora publicados. Hoje há outro livro da autora pela mesma editora, se chama A Menina Que Conversava com o Verão.

Narrativa

Como dito anteriormente, Sam é um garoto que enfrenta a leucemia, já havia feito vários tratamentos, alguns bem sucedidos e que fizeram a doença parar por um tempo. Mas por azar ou destino, ela volta. O livro toma uma narrativa diferente das que costumam abordar a doença. Pelo contrário, tem um tom questionador e divertido. Pois Sam, mesmo entendendo a gravidade do seu problema, tem sonhos e objetivos. Ele quer bater o recorde mundial em algo. É um personagem exemplar e a força que ele tem em querer fazer as coisas.

Diagramação

Um trabalho muito bem executado pela editora. A capa do livro remete a trama. Diagramação mesmo que simples, impecável. Temos algumas listas feitas por Sam (em formato de lista mesmo).

Considerações Finais

Como Viver Eternamente é sensível, muito bem explorado e numa vertente quase que única no seguimento sick-lit. Tão brilhante quanto Extraordinário, Como Viver Eternamente está no meu top 5 do gênero. Gracioso e muito bem executado.