Enquanto eu te esquecia

Edição: 1
Editora: Única
ISBN: 9788567028125
Ano: 2014
Páginas: 384
Tradutor: Elisa Nazarian

Lucie Walker não se lembra de quem é ou como foi parar nas águas geladas da Baía de São Francisco. Encaminhada para uma clínica psiquiátrica, ela aguarda até que um homem chega afirmando ser seu noivo. Entretanto, com seu retorno para casa, essa mulher sem memória vai tomando conhecimento de sua personalidade antes do acidente, da pessoa controladora, fria e sem vida que era, e dos segredos da infância e da família, assim como da situação do noivado e dos mistérios que podem ter provocado o acidente.

Será que ela quer isso de volta? Será que essa nova Lucie conseguirá manter o amor por Grady, ou a oportunidade de recomeçar será sua salvação?

Intenso, franco e incrivelmente emocionante, Enquanto eu te esquecia é um livro delicado, que nos questiona sobre a maneira que vivemos e nos lembra que sempre temos uma nova chance de ser feliz.

proibido

Introdução

Enquanto Eu Te Esquecia é um livro no qual Lucie Walker é encontrada na Baia de São Francisco desnorteada. Ela perdeu a memória e não sabe nada sobre quem é e o que está fazendo lá. Ela é levada a um hospital psiquiátrico. Grady, seu noivo está em Seattle e a procura, faz cartazes e espalha pela cidade. Quando a encontra, Grady fica sem ação pois imagina o motivo do esquecimento de Lucie. Ele faz o possível para que ela recupere a memória. Será que ela conseguirá?

Narrativa

A narrativa de Jennie é muito meticulosa. Nele temos a visão tanto de Lucie, quanto de Grady. A narrativa é feita em terceira pessoa. Temos também capitulos destinados a Helen (a tia de Lucie, com a qual não havia muito contato).

Aos poucos vamos tendo contato e vendo que Lucie era muito diferente do que é hoje. Tanto no quesito comportamental, como nos seus gostos pessoais que são drasticamente opostos. Grady é quem se assusta e se surpreende.

O que mais gostei no livro é que ele prova como um incidente pode modificar nossas vidas da noite para o dia. Mesmo assim, podemos encontrar um “novo eu” e restabelecer relacionamentos que não davam certo. Por algum motivo, seja de força maior ou não, pode ocorrer.

Diagramação


O capricho da editora Unica não é novidade, certo? A edição está mega caprichosa. A capa do livro reflete bem a vida de Lucie, alguém que está em constante descoberta, sobre o que é, como era e o que vai ser.

Considerações Finais

O livro Enquanto eu te esquecia, é um livro forte, bem construído, demonstra o amadurecimento e a descoberta dos personagens. ´E como se fosse uma segunda chance. Uma segunda chance de fazer o certo e seguir a diante. Tanto para Lucie, quanto para Grady e Helen.

Eu desconfiava de um desfecho totalmente diferente, na realidade as suspeitas não eram muitas, pois se tem um trunfo nesse livro é não ter a mínima ideia de como ele terminará.