Hellraiser

ISBN-13: 9788566636697
ISBN-10: 8566636694
Ano: 2015 / Páginas: 160
Idioma: português
Editora: DarkSide® Books

Introdução

Em Hellraiser, Frank Cotton é um cara que já fez um pouco de tudo, inclusive experimentar vários tipos de prazeres. Ele se sente insatisfeito e busca algo que o satisfaça. Com esse desejo de conseguir alcançar uma vivência nova, começa uma busca por um dispositivo que possa lhe oferecer algo além da compreensão humana. Ele acha e começa a desvendar o enigma de uma caixa, intitulada Configuração de LeMarchand. Ela funciona como um portal pra uma outra dimensão que o levará ao “reino dos cenobitas”, habitado por criaturas que tem várias formas de conseguir prazer. Embora tenham um conceito nenhum pouco parecido com o dos humanos, Frank é submetido a várias experiências curiosas e bastante doloridas que quase o leva a loucura (não será nada fácil). Imagina uma vida sendo torturado pra sempre?

A trama começa mesmo quando o irmão do Frank, Rory vai morar na casa dele, junto com a sua esposa, Julia. O relacionamento dos dois não anda nada bem e desde a mudança as coisas pioram… as lembranças de Julia e as sensações que tem, principalmente na parte superior da casa… sempre retornam ao Frank.

A melhor definição de inferno que já tive oportunidade de ler… e assim começa uma nova “aventura”.

Eu fiquei com aflição só de ler as descrições iniciais…#semspoilers

Sobre Clive BarkerFoto -Clive Barker

Clive Barker (Liverpool, 5 de outubro de 1952) é um escritor, produtor de cinema, pintor e dramaturgo inglês. Clive Barker escreve o que costuma descrever como literatura Fantástica e horror. Em 2007 concluiu seu trabalho no game “Jericho”. Neste momento vive em Los Angeles com o seu marido David Armstrong.

Edições estrangeiras

2478704 2767170 52635 1011633 23257230

Narrativa

Embora seja um livro curto, a descrição é eficiente. Temos ambientações e sensações muito aprofundadas. O autor escreveu o livro já pensando em sua adaptação pro cinema, isso é bastante evidente e confesso que é um dos motivos por eu ter me divertido tanto durante a leitura. O livro tem algumas mensagens e reflexões pertinentes dentro do contexto. É sobretudo, um livro que dialoga sobre o amor e o prazer. Se busca um livro onde vai se identificar com o personagem, pode tirar o cavalinho da chuva… dificilmente isso vai acontecer e se acontecer… procure um psiquiatra.

Nesse caso, o livro não é melhor que os filmes… e nem os filmes são melhores do que o livro. Na verdade, funcionam muito bem juntos, o que torna tudo ainda mais interessante.

Capa e diagramação

Como sempre, a Darkside caprichou bastante na edição do livro. Em capa dura, cheio de inserções interessantes, mesmo sendo um livro curtinho, a experiência é completa.

Considerações finais

Hellraiser, é um livro curto, mas contém tanta carga dramática, que é difícil largar o livro. Você começa a sofrer… é definitivamente pra leitores de coração gelado… ou provavelmente, vão largá-lo com bastante convicção. Eu iniciei leitura pois a adaptação para o cinema foi um dos primeiros filmes do gênero que tive oportunidade de assistir, ler foi uma experiência completamente nova. Clive é talentoso… e macabro também. Espero ler outros livros do Cliver em breve… #publicaoutrosDarkside. hahaha