O Confronto

Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501086167
Ano: 2010
Páginas: 221
Tradutor: Rita Vinagre

Há muito tempo, quando transformou Damon e Stefan em vampiros, a bela Katherine nunca imaginou que separaria os irmãos para sempre. Seu coração pertencia aos dois, mas ambos a queriam para si. A batalha pelo coração da jovem culminou em sua morte e num pacto de vingança entre os irmãos Salvatore. Refém do acaso, Elena Gilbert não demora a perceber que, se existe algo mais arriscado do que estar apaixonada por um vampiro, é ser desejada por dois deles. Enquanto Stefan luta para controlar seus instintos, Damon persevera na missão de conquistar Elena; mas o perigo espreita o destino dos três. O confronto é o segundo volume da série Diários do vampiro, de L. J. Smith, que deu origem à série de televisão Vampire Diaries, escrita e produzida por Kevin Williamson (Dawson’s Creek) e estrelada por Ian Somerhalder, Paul Wesley e Nina Dobrey.

proibido

Introdução

O segundo livro da série tem uma importância maior. É um livro de ações, de mistério e de um romance cada vez mais aflorado nos protagonistas.

Narrativa

É nesse livro que Elena, Stefan e Damon começam a se relacionar de maneira mais efetiva. Embora Elena pareça bem convencida do relacionamento com Stefan, sabemos que dia a pos dia, Damon irá convencê-la. Damon ainda fica com característica animal, porém Stefan começa a mudar. A trama pega um ritmo muito mais dinâmico que o anterior. A linguagem continua simples, clara e objetiva. Os momentos mais interessantes foram abordados na série de tv. De certa forma, amadureceram os personagens da trama. Pois eles na série pouco aparentam as características que L.J. escreveu. Embora seja voltada para o público teen. Há um amadurecimento visível em Elena, porém não o suficiente para ser destacado e aclamado. Alguns acham que ela age de maneira estúpida, eu discordo. Pois quando se está apaixonado, pode se cometer qualquer tipo de atitude que é correlacionada com estupidez. A maior mensagem do livro é que o amor é capaz de construir ou destruir. Porém vale tudo quando se encontra um grande amor.

Momento Macchiato

“- Diz a lenda que os espelhos refletem a alma de quem os olha. É por isso que os povos primitivos têm medo de espelhos; temem que suas almas fiquem presas e sejam roubadas. Assim, minha espécie não deveria ter reflexo.. Porque não temos alma.
[…] – Você é o espelho – sussurou ele.
[…] – Eu sou o espelho? – disse ela então, olhando pra ele.
– Você roubou minha alma – disse ele.”

Consideraçoes Finais

Quem resolveu abandonar a sério no primeiro livro. Não fez bom negócio. A trama tem muito a oferecer e a cada livro surpreende com novos momentos e acontecimentos elaborados.