Pensei que Fosse Verdade
ISBN-13: 9788558890069
ISBN-10: 8558890064
Ano: 2016 / Páginas: 336
Idioma: português
Editora: Valentina
Compre seu exemplar:  Submarino Saraiva

Introdução

Em Pensei que fosse verdade, a jovem Guinevere Castle, mas conhecida como Gwen, vive na ilha de Seashell. Uma cidade que vive do turismo e quando não é temporada é quase fantasma. O pai de Gwen é dono de uma sorveteria da cidade, a Castle’s e a garota trabalha lá como garçonete. Os pais de Gwen são separados e ela vive com a mãe, seu avô, seu primo Nic e seu irmão de oito anos, Emory. A vida de Gwen ia bem, até Cassidy Jones ser contratado para trabalhar na ilha como uma forma de castigo. Uma gama de encontros e desencontros começa a movimentar a narrativa.

É o segundo livro publicado pela Editora Valentina, e confesso que a experiência foi melhor ainda ♥.

Sobre Huntley Fitzpatrick

Author Huntley FitzpatrickHuntley Fitzpatrick cresceu sonhadora e distraída na costa de Connecticut. Ela nasceu em uma família de leitores ávidos, onde todos sempre tiveram seu nariz em um livro. Ela manteve um diário exaustivamente aprofundado que assustou seus namorados, mas revelou-se muito útil em sua carreira como escritora. Seu romance contemporâneo de estréia, My Life Next Door, foi publicado em Junho de 2012 pela Penguin-Dial para jovens leitores. Agora, ela ri, e escuta seus seis filhos quando querem fornecê-la perspectiva e material. Ela é representada pela incrível Christina Hogrebe da Agência Jane Rotrosen. No Brasil, seus livros serão publicados pela Editora Valentina. Site oficial – TwitterFacebook

Narrativa

Narrada em primeira pessoa sob a perspectiva de Gwen. Uma jovem em desenvolvimento pessoal, buscando compreender suas características, objetivos e sonhos. Bastante impulsiva e passível de erros. A autora consegue tratar de várias questões ao mesmo tempo, sem confundir ou entediar o leitor. Pelo contrário, tudo tem uma leveza muito agradável de acompanhar. O desenvolvimento dos personagens acontece em grande parte, de forma natural. A autora só peca em um quesito: a trama é muito condensada e objetiva. É aquela trama que você já vai fazendo suposições e acaba por descobrir grande parte antes.

Projeto gráfico

O trabalho da Valentina é sempre muito caprichoso e cheio de detalhes que só contribuem para a boa leitura.

Considerações finais

Pensei que fosse verdade, é um livro doce, sutil e objetivo. A simplicidade dele me comoveu e a leitura fluiu muito bem. Por livros mais leves e empolgantes que Huntley tem muito talento em fazer.