Petrus Logus

ISBN-13: 9788582401545
ISBN-10: 858240154X
Ano: 2014 / Páginas: 296
Idioma: português
Editora: Saraiva

No centro da trama está Petrus, filho do rei Apolo, soberano de Cosmus, um jovem apaixonado pelo conhecimento e sem talento para lutas e embates físicos. Educado pelo sábio Malthus para ser um líder justo e generoso, o príncipe começa a questionar o governo do pai, expondo as injustiças sociais e contestando as posições ditatoriais. Seu senso de justiça o leva a conviver com camponeses, algo proibido para um nobre, e no meio daqueles conhece o verdadeiro amor: a jovem Nátila.

Sua atitude contestadora o coloca em situações de risco, já que os conselheiros do rei o vêem como uma ameaça à hegemonia do reino e um rebelde que pode fazer o povo se levantar contra os nobres. E, por questionar uma das decisões tomadas por Apolo, Petrus sofre a maior condenação de Cosmus: é obrigado a vestir a temida Máscara da Humilhação.

A máscara deixa fortes cicatrizes físicas e emocionais no jovem príncipe, mas não o enfraquece. Ao contrário. Para continuar sua luta contra as injustiças, Petrus vai precisar domar uma fera, que mal sabe ele, poderá tanto destruí-lo quanto salvá-lo.

Introdução

Em Petrus Logus  – o guardião do tempo, a humanidade passa por uma situação complicada, o esgotamento dos recursos naturais, ela foi destruída por guerras principalmente por falta de comida e água (uma previsão?). Houve uma 3ªGM, bombas nucleares foram lançadas por todo o planeta. A população foi reduzida drasticamente, em bilhos para apenas milhares. A ganância venceu, a nova liderança extinguiu todas as fontes de conhecimento como conhecemos. Tudo foi proibido. Então, no meio desse caos, nasceram os príncipes gêmeos Petrus e Lexus. Petrus cresceu com uma inquietação por conhecimento e por isso, sempre foi humilhado pela corte. Enquanto Lexus, nasceu pra ser preparado para assumir a corte. Dois seres tão diferentes e ao mesmo tempo tão parecidos. Lexus morava numa biblioteca, mas foi internado em um manicômio. Foi afastado de tudo e todos, principalmente, da plebeia Nátila, seu amor que infelizmente é vendida pelo seu irmão. Petrus não vai deixar barato, uma revolução permeia a trama e o reino de Cosmus será atingido.

Sobre Augusto Cury

Psiquiatra, cientista, escritor e fundador da Academia de Inteligência, um instituto que promove o treinamento de psicólogos, educadores e profissionais de recursos humanos.

É autor da Inteligência Multifocal-1998 (Editora Cultrix), Treinando a Emoção para Ser Feliz-2001, A Pior Prisão do Mundo-2000 (renomeado para Superando o Cárcere da Emoção) e dos livros da coleção Análise da Inteligência de Cristo (O Mestre dos Mestres-1999, O Mestre da Sensibilidade-2000, O Mestre da Vida-2001 e O Mestre do Amor-2002), Você é Insubstituível-2002, Revolucione sua Qualidade de Vida-2002, Escola da Vida-Harry Potter no Mundo Real-2002, Pais Brilhantes e Professores Fascinantes-2003 e outros.

Site oficial

Narrativa/Personagens

Havia lido apenas um livro do autor, porém, o público alvo era bem diferente. Em Petrus, notei uma diferença bem grande no tom.  Mas, Cury consegue bons diálogos e reflexões durante a narrativa. A sua característica máxima, ainda é muito presente na narrativa. Quem se intitula ávido leitor, facilmente irá se identificar com o príncipe Petrus, um jovem curioso e que busca conhecimento. O desafeto será destinado a Lexus e ao próprio pai, o rei Apolo. Afinal, os livros estão proibidos.  Os personagens secundários são bem desenvolvidos e como sou fã dos personagens mais divertidos, o meu carinho e atenção foi pelo Laurus Piradus. Afinal, qual a graça de ler sobre o “herói”, se ele não tem um amigo que torne a vida mais leve e a nossa leitura mais descontraída?

Diagramação/Capa

O trabalho da Saraiva foi muito bem executado. Tanto na capa, quanto na diagramação. Bastante confortável e agradável aos olhos. A capa tem grande apelo comercial e obviamente, temos Petrus em destaque e uma grande surpresa que fica ao seu lado, mas não me arrisco contar, pois compromete toda a leitura. Não encontrei erros que comprometam a leitura em nenhum momento.

Considerações Finais

Petrus Logus – o guardião do tempo me surpreendeu bastante. É claro que encontrará referências muito fortes como Crônicas de Nárnia e Percy Jackson, mas uma narrativa que é sólida, bem construída e que tem potencial de abrir uma nova porta para o autor. Ansiosa para ler outro da saga? Sem dúvida.