A Lista

ISBN-13: 9788581636832
ISBN-10: 8581636837
Ano: 2015 / Páginas: 384
Idioma: português
Editora: Novo Conceito
line

Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente. Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira. Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas.

Introdução

Em A Lista, Kitty Logan vê sua carreira de jornalista ir por água abaixo por um erro em muito sério. Sendo processada e com risco de ser demitida em seu outro emprego. Ela lida com a perda da editora da revista para o qual trabalha e ao mesmo tempo tentará resgatar sua credibilidade. O último trabalho designado pela Constance é uma lista com 100 nomes. Ela não sabe o tema matéria e ainda tem apenas duas semanas pra relacionar todos esses nomes. Será fácil? Nunca é.

Sobre Cecelia Ahern

Cecelia Ahern é uma escritora irlandesa. Cecelia, que vive em Dublin, alcançou grande sucesso com seus cinco romances já publicados, além de ter vários contos incluídos em antologias.

SiteTwitterFacebook

Edições estrangeiras

15732712 18505788 17925070 16094453 20316965 17619885

Narrativa

A narrativa é feita em terceira pessoa, mas ao longo da trama consigo lidar com tudo de maneira muito intimista. Cecelia tem esse poder, de aproximar o leitor ao máximo do personagem aos pouquinhos. O problema que encontrei durante a narrativa, é que do meio pro fim, os acontecimentos vão perdendo força e não se sustentam ao longo da sua conclusão. A premissa era forte e encantadora, mas não foi trabalhada o suficiente pra me conquistar. É o primeiro livro da autora que eu tenho essa impressão. Confesso que Constance me chamou muito mais atenção do que a própria Kitty. Mas aos poucos fui fisgada pela trama, Kitty muda muito ao longo das páginas. Ela estava devastada, mas agarra essa ideia e principalmente, escuta as pessoas com cuidado e começa a se afeiçoar por elas. Assim como o leitor, são histórias simples. A única dúvida fica na ligação entre essas pessoas, mas meu chute inicial foi certeiro (algo que raramente acontece).

Diagramação / Capa

O trabalho gráfico é adorável. Há alguns erro de revisão, mas nada que comprometa a leitura. A capa é bonitinha e o mais legal é que vários nomes estão nela. Ou seja, vários nomes ali vão começar a surgir na trama.

Considerações Finais

A Lista não é nem de longe o meu favorito da autora. Em alguns aspectos, me decepcionou bastante. Apesar de ter mensagens muito importantes e são bem claras desde o início. Mas Cecelia, sempre tem algo bom a dizer. Simplesmente Acontece (Where rainbows ends), ainda é o meu favorito.