A Rebelde do Deserto
ISBN-13: 9788565765992
ISBN-10: 8565765997
Ano: 16 / Páginas: 312
Idioma: português
Editora: Seguinte
line
 

Introdução

Recebi a prova desse livro em um evento da editora, e fiquei bem feliz, pois era um dos livros que queria ler quando vi o catálogo de lançamentos.

Em A Rebelde do Deserto, Amani Al’Hiza é uma jovem orfã e bastante humilde, ,ora com seus tios e o sonho da sua vida é ir embora de Vila da Poeira, pois sua vida lá não é nada cômoda. Amani é uma personagem sonhadora, valente e determinada e não medirá esforços para realizar esse sonho. Ela é uma ótima atiradora, com uma pontaria invejável. Esse dom, a leva a um concurso de tiros e claro, ela se disfarça de garoto para conseguir entrar. Ela sonha em uma vida diferente, passa por traumas e perdas complicadas. Uma aventura sem precedentes.

Sobre Alwin Hamilton

Foto -Alwin Hamilton

Alwyn Hamilton nasceu em Toronto e passou a infância saltando entre Europa e o Canadá até seus pais se estabelecerem na França. Ela cresceu em uma pequena cidade de lá, o que poderia obrigá-la a colocar aleatoriamente bem alto a música de abertura de A Bela e a Fera se não fosse por seu tom de surdez. Ao invés ela tentou ler e escrever o seu caminho para novos lugares e desenvolveu uma fraqueza por fantasia e heroínas se vestindo com roupas de homens. Ela deixou a França e foi para a Universidade de Cambridge para estudar História da Arte na King’s College, e depois foi para Londres, onde ela foi contratada em uma casa de leilões. Ela tem um mau hábito de adquirir mais livros de capa dura do que é inteligente para alguém que se move casa com tanta frequência.

Edições estrangeiras

26834719 30115298

Narrativa

Narrativa envolvente e cativante sob o ponto de vista de Amani, A Rebelde do Deserto.

O livro promove uma crítica social, tem conteúdo, fala sobre tabus e sociedade machista, religião, desigualdade social e vários questionamentos atuais. O deserto de Miraji é um lugar muito complicado pra quem nasceu em um país onde a mulher pode ser o que ela quiser. Pois, as mulheres lá não tem voz, só obedecem aos homens e são abusadas constantemente. Uma narrativa objetiva, questionadora e cheia de acontecimentos interessantes. O leitor fica tão entregue aos personagens e principalmente a protagonista. Amani é uma típica personagem que me encanta no primeiro parágrafo. Sim, ela me conquistou bem rápido. Seu jeito, sua trajetória de vida, sua coragem, é tudo o que eu admiro numa personagem. Ela amadureceu antes do tempo e é mega habilidosa. A autora não deixou de lado os personagens secundários, pelo contrário, são bem desenvolvidos em vários momentos da trama. Jin é outro personagem que ganhou destaque, afinal, ele tem uma história tão envolvente quanto a da protagonista.

Projeto gráfico

Adorei o projeto gráfico do livro, embora tenha lido a prova, gostei bastante da diagramação, a leitura foi bem confortável.

Considerações finais

Sem dúvidas, irei comprar um exemplar, pois esse livro é digno de estar na estante dos livros favoritos <3 Portanto, leiam! E claro, a vontade é de ler o segundo livro o quanto antes. Espero que Alwin consiga publicar o próximo em 2017.