Amor de Cordel

ISBN-13: 9788584421077
ISBN-10: 8584421076
Ano: 2016 / Páginas: 400
Idioma: português
Editora: Pandorga

line

Introdução

Em Amor de Cordel, Carolina Borges é uma mulher nos seus 38 anos e trabalha como terapeuta ocupacional. De primeiro momento, em pleno feriado de Carnaval, ela está em seu novo apartamento, relembrando momentos difíceis, como a separação com Miguel. Foi algo inesperado e ela achava que tudo era perfeito, mas o casamento de 14 anos, havia acabado. Ela agora teria que recomeçar. Em dado momento, ela está em seu trabalho em uma clínica particular e conhece o arquiteto bonitão, Alexandre Bastos, que está lá pois havia fraturado o punho durante o trabalho e precisava de um tratamento para luxação.
E durante o tratamento de Alexandre, Carolina começa a perceber que é possível se apaixonar. Mas tudo isso não será fácil, pois as inseguranças dela são muitas, por tudo o que passou com Miguel. Um livro cheio de reviravoltas e situações pra lá de envolventes.

Sobre Andrea Marques

Formada em terapia ocupacional, pela universidade Federal de São Carlos e, durante quinze anos, atendeu pessoas com sequelas neurológicas e ortopédicas em clínicas, centros de reabilitação e hospitais. Foi com base nas histórias de seus pacientes e na própria história que teve inspiração para criar os personagens em Amor de Cordel. Andrea é casada, e tem uma filha de 2 anos.

Narrativa

A narrativa é conduzida por Carolina, em primeira pessoa. Aos poucos, vemos o amadurecimento da personagem, principalmente sua auto-estima e a sua timidez. É uma personagem corajosa e preocupada com a sua saúde. O que encontrei de interessante na trama, é o fato de ter uma personagem que trabalha com Terapia Ocupacional, um trabalho tão nobre e que até então, não havia lido em algo dentro do gênero Chick lit. O fato da autora ter trabalhado por muitos anos na área, tornou a narrativa bastante sólida em características e desafios da profissão. Carol sofre um “trauma” no coração com o seu passado, mas aos poucos vai se curando de todo aquele passado doloroso. É como dizem, para curar um amor antigo é preciso encontrar um novo. Mas isso não acontece de uma hora para a outra e nesse livro, felizmente, retrata de um jeito bem leve toda a evolução e os sentimentos de Carolina.

Projeto gráfico

É um dos primeiros livros que tenho em mãos da editora Pandorga e adorei a delicadeza do trabalho de capa. A diagramação do livro é confortável e mesmo sendo um livro longo, não é pesado. Todo início de capítulo tem uma ilustração que dialoga bastante com a trama. Existem alguns errinhos de digitação, mas nada que comprometa a leitura. Mas é bom revê-los quando fizerem uma nova edição (espero que tenham muitas).

Considerações finais

Amor de Cordel é um livro sensível, bem escrito e que promove um misto muito curioso e gostoso de sensações. É uma experiência bastante agradável. Principalmente, com uma autora nacional que espero que continue nos encantando com muitas histórias. Espero poder conhecê-la na Bienal, viu Andrea?