Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581633411
Ano: 2013
Páginas: 224
Tradutor: Ivar Panazzolo Junior

Shirley, Goodness e Mercy sabem que o trabalho de um anjo é interminável — especialmente na véspera do Ano-novo. Ao lado de seu novo aprendiz, o anjo Will, elas se preparam para entrar em ação na festa de fim de ano da Times Square. Quando Will identifica dois solitários no meio da multidão, ele decide que a meia-noite será o momento perfeito para dar aquele empurrãozinho divino de que eles precisam para acabar com a solidão. Então, por “acidente”, Lucie Ferrara e Aren Fairchild esbarram-se no meio da alegria da festa, mas, assim como se aproximam, acabam se perdendo: um encontro marcado que não acontece os afasta pelo resto da vida. Ou será que não? Um ano depois, Lucie é a chef de um novo e aclamado restaurante, e Aren é um colunista de sucesso em um grande jornal de Nova York. Durante todo o ano que passou, os dois não se esqueceram daquela noite. Shirley, Goodness, Mercy e Will também não se esqueceram do casal… Para uni-los novamente, os anjos vão usar uma receita antiga e certeira: amor verdadeiro mais uma segunda chance (e uma boa dose de confusão), para criar um inesquecível milagre de Natal.
proibido

Introdução

A trama tem como principal, a história de 3 anjos que são responsáveis por responder as orações dos humanos e Will, um aprendiz na tarefa. Eles descem a Terra para passear entre os humanos numa virada de ano em plena Times Square. Shirley, Mercy e Goodness se perdem de Will. Eleacaba interferindo no destino de um casal. Esse casal é Lucie e Aren. Lucie é uma chef de cozinha que batalha muito para que seu restaurante esteja em perfeita ordem. Aren recebe uma grande oportunidade de trabalho em um jornal.

Narrativa

O livro conta com dois modos de vida diferentes, ou seja, humanos e anjos. Os anjos tentam consertar o erro que cometeram. Os humanos às vezes estimulados pelos anjos, tentam ser felizes, não importa como. O livro é bem criativo e os diálogos são bem simples. A leitura é bem fluída e a narrativa não vai além do que promete. Mas cumpre uma boa parte do que se compromete.

Aren e Lucy são personagens bem comuns no cotidiano. Aren após ter um casamento fracassado tem a oportunidade de trabalho e mudar de vida, indo morar em NY. Lucy é um exemplo de mulher moderna, guerreira e que dá o seu melhor no que ama.

Os anjos tem seu charme, lógico que quando falo a palavra anjos, não são aqueles que imaginamos anteriormente. Em uma roupagem totalmente divertida e pouco óbvia, Debbie cria anjos um pouco mais atrapalhados e curiosos. Todas as vezes que tentam interferir com o objetivo de ajudar, acabam ganhando um novo problema a ser “consertado”, acaba se tornando uma bola de neve. Uma tragicomédia.

Embora sejam coadjuvantes, Josie (irmã de Aren) e Wendy (Mãe de Lucy) são altamente amáveis e divertidas.

Diagramação

Capa mais natalina impossível, a editora enfeitou bastante a capa. O momento e o ambiente se tornou bem pertinente. O livro tem o design chamativo.

Considerações Finais

Anjos à Mesa é um livro desse período saudosista do natal/final de ano. A ambientação e os sentimentos são muito próximos dessa época do ano.  É um livro com o conteúdo bem objetivo (contido), mas que encanta a todos os gostos. A graça do livro é que ele tem um clima totalmente leve e descontraído. Eu o peguei para ler em um momento de mau humor e acabei rindo de algumas situações. Ou seja, é um livro que ameniza até o mau humor do cotidiano. Mais uma boa história de uma autêntica contadora. Debbie tem um dom, que ninguém pode negar. Eu sempre espero o melhor dela. A receita no final do livro (uma das marcas da autora) é fantástica. Acabei fazendo por curiosidade e vale a pena.