Belo Desastre

Edição: 1
Editora: Verus
ISBN: 9788576861911
Ano: 2012
Páginas: 392

A nova Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento de Travis pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura.

proibido

Introdução

Um dos livros que fará muitas mulheres transpirarem de paixão por Travis Maddock, se você ainda não leu. Não sabe o que esta prestes a acontecer. Eu já vi muita mulher comentar na timeline do facebook:  – ok, o Travis Maddock é meu.

Porém, Travis é de todas… pelo menos por enquanto. Eu recebi muitas indicações desse livro, uma delas foi da minha amiga carioca, Renata Alves.

Narrativa

A narrativa de Jamie encanta, sim pelo fato de Travis ser o tipo certo de cara errado, um bad guy à la James Jean. Ou seja, ao ler você só tem um tipo de reação. Você se apaixona e se apega a ele. Abby tem seus momentos felizes e infelizes. Pois como uma adolescente quase adulta, sofre com incertezas e esconde um passado pelo qual felizmente e infelizmente é descoberto no meio da trama. O que me deixou com um pé atrás é o fato da aposta em que Abby e Travis fazem. Fica muito nítido que toda aquela tentação não duraria tanto tempo. O livro é cheio de altos e baixos, cenas fortes, picantes e avassaladoras. O ciume doentio e a necessidade de sentir único de Travis aos poucos vai cansando o leitor, mas nada que diminua a atração que ele provoca.

Eu ainda não li o livro que tem estourado em vendas do mesmo gênero, mas acredito que seja difícil me encantar tanto quanto esse livro conseguiu. O gênero vem crescendo de tal forma que quase todas as editoras estão com um lançamento. É um gênero a ser bem explorado, pois confesso que não li tantos livros sobre e muito menos me interessava. Com Belo Desastre, os meus olhos foram abertos para qualquer tipo de narrativa. Pois quando é bem escrito, estruturado e traduzido. Não há o que reclamar. Só a comemorar, por ser um livro do qual vou ter como referência durante muito tempo.

O relacionamento dos dois vai ao extremo em dois segundos e Travis não faz nenhum esforço para que mantenham algo saudável. Abby sente-se confusa grande parte. Em certo ponto, não a culpo. Já que alguém não muda da água para o vinho em poucos segundos, mas tudo isso é gradual. O que não deixa a desejar durante a leitura.

Momento Macchiato

“Ele veio em minha direção e parou a poucos centimetros de mim. Suas mãos tomaram o meu rosto, e sua respiração acelerou enquanto ele me olhava cuidadosamente.

– O que estamos fazendo, Flor?

Olhei para o cinto dele, depois para os músculos e as tatuagens da barriga e do peito, parando finalmente no castanho cálido das íris.

– Você é quem tem que me dizer.”

Considerações finais

É um livro do qual não consegui me desprender até terminá-lo. Ao começar imaginei que demoraria muito para terminá-lo, porém quando olhei no relógio já eram 7 horas da manhã. Ou seja, eu fiquei horas com ele na mão e só parei quando finalmente acabei.
O livro já teve seus direitos de reprodução cinematográfica comprados pela CBS. Agora torço muito para que o elenco não deixe a desejar, pois um papel como esse não pode ser estragado como ocorre em filmes desse gênero.

O livro deixa claro, que a omissão e o comportamento diferente do corriqueiro. Pode levar a atração profunda, atiça a curiosidade, cativa e permite que tenha um desfecho como esse. Doce, explosivo, perigoso e sensual. Acho que essas quatro palavras definem muito do que irá encontrar em Belo Desastre.