Como Se Livrar de um Vampiro Apaixonado – Beth Fantaskey
vampapaixonado_review
Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788599296905
Ano: 2011
Páginas: 304
Tradutor: Alves Calado

Casar-se com um vampiro certamente não estava nos planos de Jessica Packwood para seu último ano escolar. Mas quando um novo aluno esquisitão (e muito gato) chamado Lucius Vladescu aparece do nada, dizendo que Jessica pertence à realeza vampírica e está prometida em casamento a ele, futuro líder do clã mais poderoso dos vampiros, ela é obrigada a rever seus conceitos. Se a garota ainda nem beijou na boca, como pode sequer pensar em um compromisso eterno? Armada com uma autoconfiança recém-adquirida, Jessica passa por uma transformação drástica de adolescente nerd americana para princesa vampira europeia nessa sátira cheia de reviravoltas e surpresas.

proibido

 

Introdução

Lembro que na época que o livro foi lançado, muito se falava sobre o livro. Uma época em que os vampiros estavam em alta e outros livros tinham muito mais destaque do que este, porém ele sempre me chamou atenção pelo título divertido e descontraído. Não me enganei. Pra quem busca algo inusitado, divertido, engraçado e desengonçado irá encontrar tudo isso no romance de Beth Fantaskey.

Narrativa

Jessica tinha uma vida normal porém, tudo muda quando o novo aluno do intercâmbio Lucius começa a perseguir pela escola, ponto de ônibus e finalmente na sua própria casa. Ela descobre que ela é da realeza vampiresca e está prometida em casamento para Lucius, o choque é imediato, Jessica nega essa realidade mas aos poucos vai se encantado com Lucius.

A trama de Beth é leve e divertida porém tem um toque de suspense, pois sabemos que não cumprir a promessa causaria uma guerra entre as duas famílias. O casamento dos dois seria a trégua entre os clãs. O livro acaba por ironizar as características dos vampiros. Eu tenho um leve afeto por tramas que desenvolvem o tema de um jeito inusitado e divertido. Acho que combina bem em uma época onde alguns vampiros mesmo que engraçados eram levados a sério.

O mais interessante é que as coisas não acontecem de uma hora pra outra, pelo contrário. Jessica se envolve com outro personagem enquanto Lucius começa um relacionamento com outra garota. Mas é nesse momento em que Jessica passa a notá-lo. Há resquícios de ciumes. Lucius gosta de Jessica de tal forma que desiste da ideia do casamento e escreve uma carta da qual avisa o seu tio do cancelamento do pacto e volta para Romênia. Jessica vai atrás de Lucius, porém as coisas não saem como planejado. O final do livro deixa um gostinho de quero mais. É inevitável querer ler a continuação. Os livros que fazem isso provocam uma comoção geral por parte dos leitores, a continuação vira uma necessidade de quem se diverte.

Confesso ter dado várias risadas, a autora tem um timing de acontecimentos e falas muito bons. Não beiram a mesmice. É de ser altamente notável que uma temática que todo mundo afirma ser gasta e passada, ser reinventada de uma forma tão original e criativa.

Quote favorito

“Ele estava parado sob uma enorme faia que ficava do outro lado da estrada, os braços cruzados na frente do peito. Os galhos baixos e retorcidos da árvore se enroscavam em volta dele, camuflando-o sob ramos, folhas e sombras. Mesmo assim dava para ver que ele era alto e usava bostas  um sobretudo escuro que parecia uma capa.

Senti um aperto no peito e engoli em seco.

Que tipo de pessoa fica parada debaixo de uma árvore, ao amanhecer, no meio do nada, usando uma capa preta?” – pág. 9

Considerações Finais

É um livro divertido, leve, com um toque de suspense e morbidez.

Já estou com a sequência do livros em mãos, acabei por comprá-lo em inglês e breve contarei como o destino do casal é desenvolvido.